O Santos encarou o #Linense nesta sexta-feira, 03 de fevereiro, e venceu o seu primeiro jogo por 6 a 2 pelo #Campeonato Paulista de 2017. O jogo na Vila Belmiro contou com dois impedimentos, um para cada lado; duas paralisações, seis substituições, três para cada lado, e três cartões amarelos. O time da casa chegou a ter o domínio de 71% da posse de bola no primeiro tempo.

A primeira chance clara de gol do #Santos foi aos 11 minutos. Num chute de longe, Zeca acertou a trave. No primeiro tempo, o time da Vila dominou a partida e vencia por 2 gols a 0, feitos pelo jogador Rodrigão. O primeiro gol surgiu de uma tabela entre Thiago Maia e Lucas Lima, aos 12 minutos.

Publicidade
Publicidade

O segundo, aos 15, Rodrigão aproveitou o rebote do goleiro Edson Kölln.

Aos 26 minutos, o goleiro do Linense fez uma bela defesa da finalização de Rodrigão, que chutou forte em direção ao gol. Aos 30, Bruno Moura saiu para a entrada de Thiago Santos. Zé Antônio deu uma entrada dura em Victor Ferraz e ganhou um cartão amarelo aos 30.

O segundo tempo até que começou bem para o Linense, que conseguiu diminuir com Thiago Santos numa bola longa aos oito minutos. Mas nem deu tempo direito de comemorar, e aos 13, o Santos já estava fazendo o terceiro com o chute de Lucas Lira, que foi desviado e acabou no fundo da rede. Aos 15, Thiago Maia chegou forte em Diego Felipe e recebeu cartão amarelo. Aos 19, Tassio entra no lugar de Lucas Newton para o clube de Lins, e Carleto foi pego em posição irregular aos 23.

Publicidade

Com aplausos da torcida, Rodrigão foi substituído aos 27 minutos por Arthut Gomes, autor do quarto gol do Peixe. Arthur bateu sem ângulo aos 31 minutos, mas teve sucesso na finalização. Um pouco antes do gol, aos 29, foi a vez de Thiago Maia sair de campo para dar lugar ao jogador Leo Cittadini. Também aos 31, o Linense tirou Thiago Humberto para a entrada de Gabrielzinho, que conseguiu fazer o segundo do seu time de carrinho. Mas não foi o suficiente para intimidar o mandante.

Vitor Bueno marcou o quinto do Santos aos 45 minutos. A bola sobrou para ele na grande área e ele finalizou com frieza. Aos 47, Thiago Ribeiro finaliza a goleada numa jogada trabalhada.