Ainda é cedo para dizer se o São Paulo de Rogério Ceni irá conquistar títulos, mas já é possível ver claros sinais de evolução entre esta equipe e o time que encerrou a temporada de 2016. Jogando na Vila Belmiro, o Tricolor contou com o talento do garoto Luiz Araújo, de 20 anos, para bater o #Santos de virada por 3 a 1.

Mais do que os três pontos no Campeonato Paulista, o resultado também quebrou um tabu de nove jogos sem vitória do #São Paulo na casa dos santistas. A última havia sido em 2009. O jogo também marcou a segunda vitória consecutiva do time sob o comando do ídolo Ceni. No último domingo, a equipe já havia feito boa exibição ao vencer a Ponte Preta por 5 a 2 no Morumbi.

Publicidade
Publicidade

O jogo

Ao contrário do placar inicial, o início do jogo deu a impressão de que o Santos é que mandaria na partida. Logo aos 10 minutos, Vitor Bueno driblou o lateral Buffarini e cruzou na área para o atacante Copete cabecear e abrir o placar, contando com uma ajuda do goleiro Sidão. Empolgado pela torcida da casa e pela vantagem no placar, parecia que o Santos teria tranquilidade para empatar ou administrar o resultado, mas o São Paulo não se desesperou e começou aos poucos a construir o seu jogo em busca da virada.

Aos 36, Zeca derrubou o atacante Gilberto e o juiz assinalou pênalti. O peruano Cueva foi pra bola e deixou tudo igual. Na comemoração, o peruano colocou a mão no ouvido em direção aos santistas, em gesto que foi interpretado como provocação. Thiago Maia partiu pra cima e o clima ficou quente.

Publicidade

No final, Cueva foi punido com cartão amarelo.

No segundo tempo, #Rogério Ceni tirou Neílton para a entrada de Luiz Araújo, substituição que se mostraria crucial para o decorrer da partida. Aos 10, o garoto recebeu passe em profundidade de Gilberto e teve tranquilidade para driblar o goleiro Vladimir e sacramentar a virada do Tricolor.

Pressionado pela virada, o Santos tentou reagir, mas parou nas defesas de Sidão e no bom esquema do São Paulo. Aos 27, Cueva recebeu na entrada da área, fez bela jogada para confundir os zagueiros e só rolou para Luiz Araújo chutar para as redes e sacramentar o placar.

Classificação

Com o resultado, o São Paulo alcança seis pontos e segue na liderança do grupo B do Paulistão. Também com seis pontos, o Santos está em segundo no grupo C, atrás do Mirassol, time com 100% de aproveitamento que será o próximo adversário do São Paulo. As equipes se enfrentam no próximo sábado, dia 18, no Morumbi. Na mesma data, o Santos pega a Ferroviária na Vila Belmiro.

Publicidade

Ambas as equipes jogam às 19h30.

Reforço contra o Mirassol

Principal reforço do São Paulo para a temporada, o atacante argentino Lucas Pratto, que veio do Atlético-MG, será relacionado para enfrentar o Mirassol no próximo sábado. A informação foi confirmada por Ceni, que afirmou esperar que a estreia do reforço atraia mais torcedores para o Morumbi. Na última partida do time, a estreia de Ceni como técnico em casa, mais de 51 mil são-paulinos estiveram presentes no estádio.

“Queria ver de novo o Morumbi lotado. Na descida do ônibus, quando encontra o torcedor... é um 12º combustível. A vitória de hoje significa ver um Morumbi cheio. Com preço acessível, vamos colocar o torcedor”, disse Ceni, empolgado após o triunfo no San-São.