Em vias de assinar o seu novo contrato com o Fluminense, o que deve acontecer depois do Carnaval, Gustavo Scarpa segue desejado por grandes clubes tanto do Brasil quanto do exterior. Nesta quarta, o jornalista Edilson Silva, da Rádio Bradesco Esportes, do Rio de Janeiro, divulgou que o Manchester United prepara uma oferta milionária para tirar o meia das Laranjeiras.

Segundo o profissional da imprensa carioca, o time inglês, um dos gigantes daquele país, estaria disposto a pagar cerca de R$ 100 milhões pelos direitos federativos do apoiador. A proposta seria apresentada no meio desse ano, quando se reabre a janela de transferências internacionais.

Publicidade
Publicidade

Scarpa tem 23 anos e é natural de Campinas, interior do Estado de São Paulo. Em 2012, depois de iniciar a carreira no Desportivo Brasil, veio para as categorias de base do #Fluminense. Duas temporadas depois, foi integrado aos profissionais. Nos primeiros seis meses de 2015, chegou a ser emprestado ao Red Bull Brasil para a disputa do Campeonato Paulista, retornando ao Tricolor logo em seguida, quando, finalmente, ganhou notoriedade, tornando-se, no momento, o principal jogador do elenco.

Pelo Flu, entrou em campo por 106 vezes e marcou 23 gols. No último dia 24 de janeiro, teve a sua primeira experiência com a camisa da Seleção Brasileira, entrando no segundo tempo da vitória de 1 a 0 sobre a Colômbia, no chamado "Jogo da Amizade", amistoso para homenagear as vítimas do acidente da Chapecoense, no final de 2016.

Publicidade

Enquanto Gustvo Scarpa continua, o Fluminense foca o restante da temporada. No Sábado de Carnaval, a partir das 16h30 (de Brasília), irá ao Los Larios, em Xerém, distrito do Grande Rio, para encarar o Madureira, necessitando apenas de um empate para garantir presença na decisão da Taça Guanabara, segundo turno do Campeonato Carioca.

Quatro dias depois, irá ao Mato Grosso, para medir forças contra o Sinop-MT pela segunda fase da Copa do Brasil. Diferentemente da primeira fase, quando derrotou, fora de casa, o Globo-RN (5 a 2), o Tricolor só se classifica com uma vitória. Caso haja um empate, necessitará definir a sua vida nos tiros livres da marca de pênalti. #PaixãoPorFutebol #Mercado da bola