A situação da #União Barbarense está cada vez pior. Único ainda a não pontuar em quatro jogos no Campeonato Paulista da Série A-2 e já tendo trocado de treinador, o time escreverá nesta terça-feira (14), mais um melancólico capítulo em sua trajetória dentro da competição. Sem dinheiro para hospedagens, a delegação viajará para São José do #Rio Preto horas antes do duelo contra o Rio Preto. E pior. Com apenas 14 jogadores em condição de entrar em campo, o técnico interino Cláudio Britto corre o risco de ter que improvisar um de seus goleiros jogando na linha.

Os problemas para a escalação do time começaram ainda na rodada passada, quando na derrota frente ao Água Santa por 2 a 0, o zagueiro Mailson e o lateral-esquerdo Raphael Soares receberam o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão.

Publicidade
Publicidade

Outros quatro jogadores seguem vetados pelo departamento médico. Lembrando que a Federação só permite a inscrição de 28 jogadores.

Após a quarta derrota na competição, o zagueiro Mailson disse que a equipe tem se dedicado aos jogos, mas os resultados não estão aparecendo. Ele pede ainda que o torcedor não abandone o clube na luta para não cair.

Mas se depender do retrospecto, o torcedor do Leão da Treze terá motivos para se preocupar. Desde 2006 este é o pior inicio de Série A-2 da equipe. Naquele ano o time foi derrotado nas cinco primeiras partidas e no final acabou rebaixado para a Série A-3, em uma época que os quatro últimos caíram. Neste ano serão seis.

Rio Preto

Pelos lados do Rio Preto a situação também não é muito diferente – apesar de contar com um time mais inteiro – a equipe também não venceu apesar de já somar três pontos (três empates e uma derrota).

Publicidade

Na última rodada, revés em casa para o Guarani.

Apesar da colocação incomoda, o técnico Luciano Dias teve uma boa notícia. O zagueiro Ednei e o atacante João Henrique, recém-contratados, já estão à disposição, podendo entrar em campo contra o União. Por outro lado, o volante Guilherme Noé está fora por conta do terceiro cartão amarelo. #Paulistão