Não é de agora que #Vasco e #Fluminense estão disputando jogadores de base, isso é uma ''briga'' de muito tempo. O tricolor vem levando a melhor na maioria dos casos, pegando os jovens atletas cruzmaltinos. Os de mais destaque recentemente, e que foram vendidos para clubes da Europa são: o atacante Kenedy do Chelsea e Marlon do Barcelona. Nesta semana, mais um acabou saindo de São Januário em direção às Laranjeiras, trata-se do goleiro Yuri de 19 anos, que estava no clube desde o mirim e, em 2013, chegou até a treinar entre os profissionais.

No ano passado, o Vasco perdeu alguns meninos promissores para o Fluminense, os quais também podem ser inclusos nesta lista, como o caso de Agner, artilheiro no futsal, que com sete anos tinha mais de 100 gols pelo cruzmaltino.

Publicidade
Publicidade

Outro é o atacante Caio Dantas, de 12 anos, uma das joias que também deixou o gigante da colina em direção ao Tricolor.

Vídeo de Agner

Caminho contrário

Apesar de ter se dado pior, o cruzmaltino conseguiu recuperar alguns atletas como Paulo Vitor de 17 anos, que começou sua trajetória no Vasco. O Fluminense chegou a contratá-lo, mas ele acabou voltando para a colina. Logo no retorno do presidente Eurico Miranda, ele tratou de trazer o garoto de volta, em 2015.

O volante Íkaro é outro que também fez o caminho inverso da maioria, deixou o Tricolor para assinar com o Vasco, quando estava com 19 anos, porém agora defende o Atlético-GO.

No profissional

Quando tinha a parceria da Unimed, o Fluminense tirou alguns destaques do rival. Leandro Amaral, amado pelos vascaínos acabou parando no Tricolor, assim como Dario Conca.

Publicidade

Perdas para outro rival

Assim como os que deram certo e o Fluminense conseguiu vender, é possível lembrar de outros jovens perdidos pelo Vasco, que também deslancharam por outro time. O lateral Jorge, ex jogador do #Flamengo, passou pelo futsal do cruzmaltino, mas acabou aparecendo para o futebol pelo rubro-negro.

O volante Muralha é mais um a chegar no profissional por outro clube, mas que fez a base toda pelo Vasco. Em 2010, não renovou com o Vasco, e seguiu para Gávea, onde atuou pela equipe principal.