A Federação Portuguesa de Futebol decidiu multar o FC Porto devido ao comportamento da sua torcida no último jogo contra o Sporting. Tal como informa o site “Notícias ao Minuto”, essa multa pesada, de mais de seis mil euros, está relacionada com a alegada falta de respeito dos torcedores durante um minuto de silêncio, bem como o uso de bombinhas durante o jogo. Nas redes sociais, essa decisão histórica foi motivo de revolta para muitos portugueses, sobretudo portistas, que consideram essa multa uma “vergonha” para a imagem do futebol português.

Desde que a temporada começou em Portugal, muitos clubes têm sido multados pela FPF.

Publicidade
Publicidade

Contudo, os mais de seis mil euros correspondem a um novo máximo e, por isso mesmo, estão causando muita polêmica no futebol português, que está agora entrando em uma fase verdadeiramente decisiva, estando o FC Porto a um ponto do líder e rival Benfica.

Como garante o site “Notícias ao Minuto”, o FC Porto já tinha sofrido uma multa semelhante pelos mesmos motivos, mas dessa vez envolvendo o seu time “B”. Curiosamente, no mesmo jogo do passado final de semana, o Sporting também foi condenado pelo órgão regulador português, obrigando o time sportinguista a pagar dois mil euros pela equipe atrasar o início do jogo, bem como também o comportamento incorreto dos seus torcedores.

Apesar da decisão histórica e polêmica da FPF, os dirigentes do FC Porto ainda não reagiram publicamente ao comunicado oficial, provavelmente aceitando a multa que foi apresentada.

Publicidade

Em uma fase que o clube do norte de Portugal está lutando com o Benfica pelo Campeonato português, os seus responsáveis não irão querer alimentar grandes polêmicas para não influenciar seus jogadores. Porém, ao contrário do que está acontecendo internamente no time, a torcida portista, que foi a responsável por essa multa, já fez questão de mostrar todo o seu descontentamento nas redes sociais, questionando a imparcialidade da Federação Portuguesa de Futebol, que tem passado por momentos muito difíceis nos últimos anos, sobretudo por causa das polêmicas envolvendo os juízes. #Negócios #Futebol Internacional