O atacante Luis Fabiano ainda não foi oficializado pela diretoria do Vasco, mas isso deve acontecer nos próximos dias, quando vai finalmente resolver sua rescisão com o time chinês e voltar para o Brasil, mais precisamente desembarcar no Rio de Janeiro. Faltam apenas chegar alguns documentos para essa novela acabar e ele vestir a camisa cruzmaltina. Como já está inscrito no estadual e vem treinando regularmente por lá, não haverá problemas para fazer logo sua estreia.

Jogador dá pistas de seu destino

Se tudo acontecer como o esperado, ele será apresentado no início da semana e uma grande festa da torcida está sendo preparada para recebê-lo no aeroporto.

Publicidade
Publicidade

Pelo Instagram o atacante deixou escapar que falta muito pouco para que tudo seja resolvido de uma vez por todas. Além disso, soltou um ''V'' no meio do texto, que os torcedores apostam que seja de #Vasco.

Mulher indica chegada de centroavante

Quando perguntada por um torcedor em uma rede social quando o #Fabuloso chegaria no Brasil, ela respondeu: ''Se Deus quiser, semana que vem''. Ela foi decisiva para a vinda dele para o Vasco, já que era um sonho tanto dela como dele morarem no Rio de Janeiro. Uma prova disso é que vive postando fotos da cidade em seu Instagram.

Novela

Essa trama se arrasta desde o ano passado, quando o Vasco afirmou publicamente que #LUIS FABIANO era um jogador interessante. A história foi evoluindo, outros times como a Ponte Preta e Santos também declararam vontade de contar com ele, mas o cruzmaltino acabou ficando na frente para tê-lo no elenco.

Publicidade

Eurico Miranda ''cortou'' a concorrência quando falou em uma coletiva que, se ele viesse para o Brasil, assinaria com o Vasco. E o Gigante da Colina tem tudo para ter um final feliz em breve. Depois de tantos capítulos, o camisa 9 tão sonhado pelos vascaínos vai chegar.

Disputa pela posição

O Fabuloso chega com status de titular no clube, pelo currículo que carrega de gols e títulos. No elenco atual, apenas Thalles e Ederson fazem a mesma função dele, mas não conseguiram se firmar.