Reformulada, com mais times e mais tempo de disputa - até novembro -, a #Libertadores inicia sua fase de grupos nesta terça-feira, dia 7. E o que não faltam na edição de 2017 são clubes brasileiros. Com número recorde de participantes, o Brasil terá oito clubes em disputa nas chaves. Dos oito grupos, apenas um não tem time do Brasil - o 3, que tem River Plate, da Argentina, Emelec, do Equador, Melgar, do Peru e Independiente Medellín, da Colômbia.

Dos clubes brasileiros, apenas um deles não jogará nesse meio de semana, que terá rodada terça, quarta e quinta-feira, O Botafogo, que avançou à chave após passar por duas fases prévias (Colo-Colo e Olímpia), só jogará no dia 14, próxima terça-feira, contra o Estudiantes, da Argentina, no Engenhão.

Publicidade
Publicidade

Os demais representantes do país estreiam agora: nesta terça, a Chapecoense enfrenta o Zulia, na Venezuela, no seu primeiro jogo internacional após a tragédia de novembro do ano passado. No mesmo dia, o Atlético-PR recebe o Universidad Católica, no Paraná. Na quarta, mais três jogam. O Flamengo recebe o San Lorenzo na reabertura do Maracanã, enquanto o Atlético-MG enfrenta o Godoy Cruz fora de casa e o Palmeiras, também fora, mede forças contra o Tucumán.

Na quinta, Santos e Grêmio encerram a participação brasileira nesta semana de abertura da fase de grupos da competição. O Peixe joga no Peru contra o Sporting Cristal, enquanto o Grêmio de Renato Gaúcho duela contra o Zamora, na Venezuela.

Botafogo

Único a folgar nessa rodada, o Fogão encara o Estudiantes em casa na próxima semana e quer manter o embalo na competição.

Publicidade

Nas prévias, tirou os tradicionais Colo-Colo e Olímpia e se credenciou a entrar no Grupo 1 ao lado de Estudiantes, Atlético Nacional e Barcelona de Guayaquil.

Santos

Em crise no Paulistão, sendo o único grande fora da zona de classificação no momento, o Peixe quer jogar a maré de azar para longe na arrancada da Libertadores. Além do Sporting Cristal, com quem estreia fora de casa nesta quinta, o Santos tem a companhia de Santa Fe e The Strongest no Grupo 2.

Atlético-PR e Flamengo

Os dois clubes serão os únicos brasileiros a se enfrentarem logo na primeira chave, já que estão juntos no Grupo 4. Assim como o Botafogo, o Furacão também passou pela pré-Libertadores ao bater Millonarios e Capiatá. A estreia dos paranaenses é nesta terça em casa contra o Universidad Catolica. Já o Fla recebe o San Lorenzo, na quarta.

Palmeiras

Buscando um melhor desempenho com relação ao ano passado, quando sequer passou da fase de grupos, o Palmeiras se reforçou bastante para a Libertadores de 2017. Nomes como Borja, Guerra e Felipe Melo chegaram e já devem jogar quarta, contra o Tucumán, na Argentina.

Publicidade

Peñarol e Jorge Wilstermann fecham o Grupo 5.

Atlético-MG

No embalo de Fred e Robinho, o Galo, último campeão brasileiro da Libertadores, em 2013, larga nesta quarta contra o Godoy Cruz, na Argentina. O Grupo 6 também tem Sports Boys, da Bolívia e Libertad, do Paraguai.

Chapecoense

Nesta terça, a Chape estreia no Grupo 7 fora de casa contra o Zulia na Venezuela e certamente terá a torcida de todos em razão do trágico acidente aéreo do ano passado. O grupo não é fácil: completam Lanús, da Argentina, e Nacional do Uruguai.

Grêmio

Por fim, o Grêmio está no Grupo 8 da Libertadores com Guaraní, do Paraguai, Iquique e Zamora, da Venezuela, com quem estreia fora de casa nesta quinta. O tricolor é bicampeão do torneio nos anos de 1983 e 1995 e, em 2017, conta com a estrela do técnico Renato Gaúcho para voltar a brigar. #Futebol