A fase de Nick #Kyrgios não poderia ser melhor. Deixando as polêmicas de lado, o temperamental tenista australiano tem empilhado bons resultados e segue firme no Masters 1000 de Indian Wells, o primeiro torneio desta série na temporada de 2017. Nesta sexta-feira, o australiano enfrentará Roger Federer pela fase de quartas de final do campeonato disputado nos Estados Unidos.

Antes de se credenciar a pegar Federer nas quartas, Kyrgios deixou para trás Novak #Djokovic, segundo melhor tenista no ranking da ATP. Com parciais de 6/4 7/6, o polêmico jogador desbancou o ex-número 1 do mundo e avançou em Indian Wells. O detalhe é que ele já havia vencido Djokovic em circunstâncias bem semelhantes no ATP 500 de Acapulco, no México, disputado há duas semanas e vencido pelo norte-americano Sam Querrey.

Publicidade
Publicidade

"Bater o Djokovic foi algo muito especial e que exigiu uma dificuldade muito grande. Eu sabia que ele viria muito motivado depois do nosso jogo recente em Acapulco. Acho que agora foi um ótimo jogo, onde consegui jogar bem nos pontos decisivos. Saquei bem e fico feliz por ter avançado", disse Kyrgios.

Segundo ele, seu jogo passou por mudanças após a precoce derrota no último Australian Open, primeiro Grand Slam do ano, disputado em janeiro. O tenista local acabou perdendo logo na segunda rodada para o italiano Andreas Seppi.

"Depois que perdi esse jogo na Austrália, senti que o país todo estava contra mim. Mesmo que eu tenha terminado 2016 em décimo terceiro no ranking. Tive que mudar mentalmente, estava com a cabeça no lugar errado. Agora melhorei nesse aspecto", avaliou o tenista.

Punições da ATP, vaias do público e reprovações dos árbitros vinham marcando a ainda iniciante carreira do australiano Nick Kyrgios, de apenas 21 anos.

Publicidade

Mais concentrado, ele espera seguir firme em Indian Wells e avançar à semifinal. Para isso, precisará vencer nesta sexta-feira o suíço antigo número 1 Roger Federer, atual campeão do Australian Open. No único confronto entre eles, em 2015, o australiano levou a melhor. #Tênis