O vínculo do atacante Éderson com o #Vasco está chegando ao fim, e o jogador não deve ter seu contrato de empréstimo renovado com o Cruz-maltino. O atleta chegou em julho de 2016 e assinou contrato de um ano com o clube, portanto faltam poucos meses para este ciclo se encerrar e o Vasco não demonstra nenhuma vontade de permanecer com ele. Éderson vem perdendo cada vez mais espaço no elenco, e em alguns momentos, nem relacionado está sendo para os jogos. Entrou pouquíssimas vezes nesta temporada e ainda não marcou nenhuma vez em 2017 pelo Gigante da Colina.

Éderson chegou em São Januário com status de artilheiro do Brasileiro de 2013, portanto a diretoria esperava que ele resolvesse o problema de gols do Gigante da Colina na Série B.

Publicidade
Publicidade

Teve um bom início, conseguiu balançar as redes algumas vezes, e parecia que iria deslanchar, mas isso acabou não acontecendo. As contusões o atrapalharam e ele terminou a segunda divisão sem se firmar na equipe titular.

Os números com a camisa do Vasco não são dos piores, mas não os suficientes para cair nas graças da torcida: em 23 jogos, marcou oito vezes. Agora vai ter a oportunidade de voltar para o futebol japonês, no Kashima Reysol, clube pelo qual tem contrato até 2018. A única chance dele fazer a diretoria mudar de ideia, é desandar a marcar gols neste final de vínculo.

Mas até pra Éderson conseguir algum espaço é difícil, pois o maior nome que o Vasco contratou para esta temporada foi justamente um atleta da mesma posição que ele, o Luis Fabiano. Então, a vida para o jogador não está fácil no Gigante da Colina.

Publicidade

Busca por atacante

Com essa iminente saída de Éderson, o clube deve buscar mais algum atacante para disputar a competição mais importante do ano, o Brasileiro. No momento, o treinador Milton Mendes conta apenas com Luis Fabiano e Thalles para a função de centroavante, o que é considerado pouco. Alguns nomes já são estudados, como Willian Pottker, que foi sondado, mas já acertou com o Internacional. Fora esses atacantes, o clube ainda conta com alguns atletas que fazem a função de lado de campo, como Kelvin, Muriqui, Caio Monteiro e Manga. #Mercado da bola #Ederson