No início do ano, uma das posições que a torcida do #Vasco mais acreditava estar carente é a lateral esquerda, isso porque o clube conta apenas com dois garotos da #base: #Henrique e Alan. Especulou-se a vinda de alguém para a função como Euller do Vitória e Carlinhos, que acertou com o Internacional, mas, diante da dificuldade, a diretoria resolveu esperar um pouco para ver como sairiam os dois jovens, para depois sim, se precisasse, ir ao mercado de novo. Alan começou como titular no ano, devido uma contusão de Henrique, que voltou e assumiu a posição, e vem agradando. Prova disso é que o contrato dele foi renovado por mais quatro anos com o Gigante da Colina.

Publicidade
Publicidade

Vale lembrar que no último jogo deu assistência para o gol de Thalles, contra o Vila Nova-GO, pela Copa do Brasil.

Diante desse cenário, a cúpula de futebol cruz-maltina não pensa mais em contratar um lateral-esquerdo. A ideia é dar oportunidade para que os dois atletas formados no clube tenham essa chance de deslanchar e se tornem os titulares sem nenhuma contestação dentro de São Januário.

Ano passado o titular da posição era Júlio Cesar, mas nesta temporada, a comissão técnica preferiu deixá-lo de lado e não aproveitar o ex camisa 6, que vem treinando em separado. Junto dele, tem o atacante Jorge Henrique e o volante Diguinho.

Base

Além de Alan e Henrique, o Vasco vem tentando usar cada vez mais os jogadores vindo de sua base. No time titular são três além do lateral: Luan, Douglas e Thalles.

Publicidade

No elenco profissional tem ainda mais, como: Jordi, Jomar, Andrey, Guilherme Costa, Mateus Vital e Caio Monteiro.

Destaque para o volante Douglas, que acabou de voltar da Seleção Brasileira sub-20, na qual acabou não conseguindo a classificação para o Mundial. Mas apesar disso, o atleta foi elogiado pela imprensa por sua participação nos jogos.

Seleção sub-17

Outro jovem jogador cruz-maltino e que está defendendo o Brasil no Sul-americano sub-17 é o meia Paulinho. Ele e Vinícius Júnior do Flamengo são os mais comentados. Diante da Venezuela, conseguiu marcar um belo gol, decidindo a partida. Na partida anterior, diante do Peru sofreu um pênalti, o qual foi importante para a construção da vitória por 3 a 0.