O Audax Osasco, equipe presidida pelo ex-jogador do Corinthians Vampeta, perdeu para o Red Bull Brasil, por 2 a 1, no sábado (11), se manteve com sete pontos e está ainda mais próximo da zona de #Rebaixamento do Campeonato Paulista.

Se a queda para a segunda divisão do Paulistão se confirmar, Vampeta chegará ao quarto rebaixamento. Como jogador, ele foi rebaixamento três vezes no Campeonato Brasileiro: 2004 pelo Vitória, 2005 pelo Brasiliense e 2007 quando retornou ao Corinthians.

A competição é disputada por 16 equipes, divididas em quatro grupos, as duas equipes com piores campanhas caem para a segunda divisão. No momento, a lanterna é ocupada pela Ferroviária, que tem apenas cinco pontos.

Publicidade
Publicidade

À frente da equipe de Araraquara aparecem três times com sete pontos, entre eles o Audax. O penúltimo colocado é o Santo André, que tem apenas uma vitória, logo depois aparece o São Bento, que tem duas vitórias e saldo de três gols negativos, mesmos números apresentados pelo Audax.

A diferença está no fato de o time de Osasco ter marcado 11 gols contra apenas cinco do São Bento. Ou seja, na classificação geral da competição, o Audax é o 13º, mas tem a mesma pontuação do 14º e do 15º colocados.

Na próxima rodada, o Audax recebe o São Bento em jogo de seis pontos, em Osasco. Na décima rodada, a equipe de #Vampeta visita o Novorizontino, que está na segunda posição no grupo do Palmeiras.

O Verdão, aliás, é o adversário do Audax na penúltima rodada. Na última rodada, a equipe presidida por Vampeta encara o Santo André em partida que pode definir o rebaixado do Paulistão.

Publicidade

Estes jogos mostram que a vida do time comandado por Fernando Diniz não será fácil.

Vampeta

Vampeta não tem dado entrevistas para falar sobre o atual momento de sua equipe. Recentemente, até mesmo o ABC, clube do Rio Grande do Norte, fez piadas com o jogador, que provocou a equipe antes de um duelo pela Copa do Brasil no qual o Audax foi eliminado.

Em 2016, o Audax foi vice-campeão estadual ao perder a final para o Santos. Neste ano, a situação é muito delicada. #Vampeta rebaixado