Tendo as suas atenções voltadas para quarta, às 19h30 (de Brasília), no Giulite Coutinho, no duelo contra o Criciúma pela terceira fase da Copa do Brasil, o Fluminense, assim como havia feito na última rodada da fase de classificação da Taça Guanabara, usou mão dos reservas para iniciar a sua participação na Taça Rio. No entanto, o Tricolor voltou a agradar e, na noite deste domingo, no estádio Elcyr Resende, em Bacaxá, distrito de Saquarema, derrotou o Boavista por 2 a 0 no fechamento da primeira rodada da terceira fase do #Campeonato Carioca.

Como nenhuma equipe de sua chave venceu no final de semana, a equipe das Laranjeiras lidera isoladamente o Grupo C com três pontos.

Publicidade
Publicidade

Do outro lado, o Alviverde da Região dos Lagos, sem nenhum ponto, é o lanterna do Grupo B.

Pelo Estadual do Rio, ambos voltam a campo no próximo final de semana. No sábado, às 15h30 (de Brasília), o Boavista encara, em Moça Bonita, o Bangu. Já o Fluminense recebe, no domingo, a partir das 16h (de Brasília), em Édson Passos, o Nova Iguaçu.

Com um esquema de três zagueiros, o Boavista dificultou a troca de passes rápidas dos garotos do Fluminense, mas praticamente também não ameaçou a meta defendida por Diego Cavalieri, que, depois de um longo período se recuperando de uma lesão no tornozelo, retornava ao time.

Após um primeiro tempo sonolento, a etapa final foi bastante movimentada, Com Luiz Fernando entrando na vaga de Pierre, o Flu voltou a apresentar o seu estilo de jogo. Aos 27 minutos, Richarlison correu pela direita, driblou para o meio e, de pé esquerdo, rolou no canto, abrindo o placar.

Publicidade

Aos 32, em saída errada do Boavista, Marcos Júnior tocou para Pedro, que havia substituído Lucas Fernandes. O centroavante buscou a tabela, mas foi bloqueado. Por sorte, a bola sobrou para o jovem atacante que, dessa vez, tocou para Renato. O lateral-direito ganhou na corrida e, de dentro da área, chutou forte. O goleiro Felipe tentou, mas nada pôde fazer. Era o segundo do Fluminense.

Aos 43 minutos, quando Tiaguinho deu um passe para Robert, que só não marcou porque Diego Cavalieri saiu e abafou o lance. Foi a melhor e última chance do Boavista no jogo. #Boavista X Fluminense #PaixãoPorFutebol