Pela oitava rodada do Campeonato Paulista, o #Corinthians arrancou um empate por 1 a 1 contra a Ponte Preta fora de casa neste domingo (12). A partida foi disputada no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, e os donos da casa saíram na frente no primeiro tempo, em falta cobrada pelo ex-corintiano Lucca, mas cederam o empate no segundo, com um gol do reserva Léo Santos. Mesmo dominado pela Macaca em boa parte do jogo, o Timão conseguiu se recuperar e se manter como a equipe de melhor campanha no estadual.

A primeira etapa foi toda dominada pela Ponte, que ditou o ritmo da partida, criou mais oportunidades e não deixou o Corinthians jogar.

Publicidade
Publicidade

Aos 8 minutos, Nino Paraíba cruzou na área e Cássio interceptou. Na sobra, defendeu cabeçada de Clayson e teve de sair jogando para afastar o perigo. Aos 16, Ravanelli chutou colocado de fora da área e quase marcou. Pouco depois, em um contra-ataque veloz, Pottker recebeu lançamento de Claysson e finalizou para Cássio espalmar. No rebote, Ravanelli mandou no ângulo e a bola passou perto do travessão.

Ponte sai na frente

O gol ponte-pretano veio depois da parada técnica. Aos 35 minutos, Léo Príncipe cometeu falta perto da área e Lucca cobrou para fazer o primeiro gol do jogo. Ele fora emprestado pelo Corinthians no início do ano em troca de Pottker, mas o atacante ponte-pretano acabou ficando em Campinas.

Depois disso, o time da casa diminuiu o ímpeto e ficou mais tempo na defesa, administrando o resultado.

Publicidade

Os visitantes, apesar de terem mais posse de bola, criaram muito pouco durante o primeiro tempo e cometeram vários deslizes na defesa e no ataque, dando espaços para as investidas perigosas do adversário.

O panorama da partida se manteve o mesmo depois do intervalo. A Ponte esteve perto de ampliar aos 3 minutos. Lucca recebeu cruzamento de Pottker e quase encobriu Cássio, que mandou a bola para escanteio. Depois, o mesmo Pottker aproveitou cruzamento de Jeferson e cabeceou para fora. Do outro lado, o Corinthians quase empatou aos 16 minutos, com uma cabeçada à queima-roupa de Kazim defendida por Aranha.

Salvos pelo reserva

Depois dos 20 minutos, a Ponte diminuiu o ritmo e criou menos chances, mas ainda manteve o controle da partida. Entretanto, com a entrada de Marlone no lugar de Jadson, o Timão passou a se arriscar mais no ataque. Até que, aos 31 minutos, Jô fez o pivô na área e passou para Léo Santos dominar e chutar para empatar o jogo.

O zagueiro saíra do banco de reservas para substituir Balbuena, que deixou o gramado por lesão na coxa.

Publicidade

Pouco depois, a Macaca ainda teve uma chance de desempatar em falta cobrada por Cassini, defendida por Cássio.

No final do jogo, a Ponte foi outra vez ao ataque para retomar a vantagem no marcador, mas não conseguiu criar novas chances. O Corinthians tentou a virada em bolas paradas nos últimos minutos, mas também não aproveitou e o jogo terminou empatado.

Ambos os times seguem líderes de seus respectivos grupos. O Timão está em primeiro no grupo A com 19 pontos, enquanto a Macaca lidera o grupo D com 15 pontos, mas pode ser ultrapassada pelo Mirassol, que tem 13 e enfrenta o Ituano em casa nesta segunda-feira (13).

Ficha técnica

Ponte Preta 1 x 1 Corinthians

Campeonato Paulista, fase de grupos

Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

Ponte Preta

Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Yago e Jeferson; Fernando Bob, Matheus Jesus (Naldo), Lucca (Lins), Ravanelli (Cassini) e Clayson; Pottker.

Técnico: João Brigatti.

Corinthians

Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena (Léo Santos) e Guilherme Arana; Paulo Roberto; Jadson (Marlone), Maycon, Rodriguinho e Léo Jabá (Kazim); Jô.

Técnico: Fábio Carille.

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo.

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo.

Público: 10.084 pagantes.

Renda: R$ 193.485,00.

Gols: Ponte Preta: Lucca - 35min, 1º tempo; Corinthians: Léo Santos - 31min, 2º tempo

Cartões amarelos: Ponte Preta: Clayson; Corinthians: Jô, Jadson e Paulo Roberto. #Futebol #Paulistão