Após fazer declarações constrangedoras em relação à diretoria do #Corinthians, o volante Cristian foi afastado do clube e não faz parte do planejamento do técnico Fábio Carille. Apesar de ser um jogador muito experiente, ele não pensou duas vezes e acabou criticando a diretoria corintiana publicamente. Insatisfeita com a atitude do atleta, a alta cúpula alvinegra chegou a um consenso e optou por afastá-lo do clube.

Publicidade

Com 33 anos, Cristian está em sua segunda passagem pelo clube de Parque São Jorge. Diferentemente da sua primeira passagem, o experiente volante não conseguiu repetir o sucesso com a camisa alvinegra.

Publicidade

Ele chegou ao clube em 2015, após rescindir seu vínculo contratual com o Fenerbahçe, da Turquia.

No ano de 2015, o Corinthians ainda era comandado pelo técnico Tite, hoje na Seleção Brasileira de #Futebol. Naquela temporada, o Timão conquistou o Campeonato Brasileiro, porém, com o volante Cristian entre os reservas. De 2015 até agora, ele não conseguiu ganhar a confiança da torcida alvinegra, que até então pede sua saída, já que seu salário é considerado alto.

Com a pressão da torcida e a necessidade de enxugar o elenco, a declaração infeliz do atleta foi a “gota d’agua” para que a direção alvinegra resolvesse afastá-lo do clube..

Publicidade

Insatisfeito por ser afastado pela diretoria corintiana, Cristian não pretende rescindir seu contrato e muito menos fazer um acordo para selar sua saída. Sendo assim, o jogador de 33 anos quer receber aproximadamente R$ 10 milhões do clube, dinheiro esse que ele tem direito de receber até o final de seu vínculo contratual. A informação foi divulgada pelo portal “Yahoo”.

Ainda de acordo com as informações apuradas pelo portal, essa quantia exorbitante está dividida da seguinte forma: cerca de R$ 4,2 milhões são equivalentes aos salários que o jogador receberia entre março e dezembro desta temporada, e R$ 5 milhões são referentes aos direitos de imagem entre os anos 2016 e 2017.

Durante sua segunda passagem pelo Timão, Cristian não conseguiu agradar aos quatro treinadores que passaram pelo clube. São eles: Oswaldo de Oliveira, Cristóvão Borges, Tite e o próprio Fábio Carille. Este último já deixou bem claro que não pretende contar com o volante, pois no atual elenco tem jogadores que podem substituí-lo. #Notícias do Corinthians