O japonês Kazuyoshi Miura, também conhecido como #Kazu, se tornou neste domingo (12), o jogador mais velho do mundo a marcar um gol em uma partida oficial. Com 50 anos e 14 dias, o ex-jogador do Santos anotou um gol da vitória do Yokohama diante do Thespa Kusatsu, jogo este válido pela segunda divisão do #Japão. O recorde batido era mais velho do que o próprio jogador. Em 1965, o inglês Stanley Matthews havia marcado um gol quando tinha 50 anos e 6 dias de idade, em um jogo do Stoke City contra o Fulham.

Apesar de atualmente jogar em seu país natal, Kazu se tornou profissional jogando no Brasil. Em 1983 ele ingressou nas categorias de base do Juventus da Mooca, mas ganhou destaque no Santos, onde se profissionalizou e ficou entre os anos de 1986 e 1990.

Publicidade
Publicidade

Nesse período foi emprestado algumas vezes para clubes como CRB, XV de Jaú e Coritiba. Foi pelo time de Jaú que o japonês marcou o primeiro gol de sua carreira, contra o Corinthians, pelo Campeonato Paulista de 1988. Seu primeiro título foi defendendo o Coxa, campeão estadual em 1989. Também vestiu a camisa do Palmeiras, em uma excursão que o time paulista fez ao Japão em 1986.

De volta à terra do sol nascente em 1990, antes da criação da #J-League, ele jogou pelo Yomiuri, posteriormente chamado de Verdy Kawasaki. Também fez carreira na Europa, onde defendeu o Genoa da Itália e o Croatia Zagreb, da Croácia. Em 2005, com quase 39 anos, jogou o Mundial da FIFA pelo Sydnei FC da Austrália, onde marcou dois gols. Apesar de nunca ter disputado uma Copa do Mundo, é o maior artilheiro da seleção japonesa com 56 gols anotados.

Publicidade

Incansável, o jogador ainda migrou para as quadras de futsal, onde defendeu a seleção de seu país no Mundial da Tailândia com 45 anos de idade, se tornando o jogador mais velho de futsal a disputar um mundial, chegando, inclusive, a enfrentar o Brasil.

Segunda divisão

Com 7 pontos em 3 jogos, o time de Kazu é um dos líderes da segunda divisão japonesa e está na zona de playoffs para a disputa do acesso. O time volta a jogar no próximo domingo (19), contra o Gifu.