Considerado bom jogador pelos times onde jogou, hoje o zagueiro Alex Silva atua pelo Jorge Wilstermann, da Bolívia, onde disputará outra vez á Copa Libertadores. O jogador, que já esteve mal em sua carreira como jogador, agora conseguiu se recuperar bem e atribui o fato à sua conversão ao Evangelho. Aos 31 anos, o atleta tenta encontrar parte glória conquistada em meados da ultima década, quando foi convocado para a Seleção Brasileira.

De boa campanha pelo São Paulo, o jogador também teve passagens por Flamengo e Cruzeiro. Hoje, mais maduro, o jogador atribui parte de sua transformação a Jesus Cristo. "No momento em que optei pela fé também optei por um caminho de transformação.

Publicidade
Publicidade

Acredito que a fé tenha me transformado por inteiro", diz Alex Silva.

O zagueiro também explicou que a fé em Cristo lhe proporcionou maior confiança e determinação. Ele ressalta que a força do Evangelho é capaz transformar uma pessoa para melhor. Após momento complicado em sua passagem pelo Flamengo, o jogador passava, na época, por uma crise técnica e, devido à sequência de lesões, acabou afastado até do banco de reservas. Ele pediu, então, para ser emprestado para o Cruzeiro, onde também não teve um bom desempenho.

O jogador acredita que a decisão de ter deixado o Flamengo foi equivocada, mas ressalta que isso foi necessário. Segundo Alex, ele precisava trilhar novos caminhos.

Após uma grave lesão, o jogador precisou parar de jogar por seis meses. A partir daí, sua carreira entrou em declínio.

Publicidade

Na ocasião, ele começou a beber e foi se afundando cada vez mais. Em 2014, Alex Silva chegou a ser preso por dirigir embriagado. Agora em boa fase novamente, o jogador afirma que está bem em seu novo clube. Ele pretende dar sequência a boa fase novamente.

''Pirulito'', apelido recebido nos tempos de São Paulo, teve uma breve passagem pela Europa, onde atuou por clubes como Rennes, da França, e pelo Hamburgo, da Alemanha. ''Sempre disputei a Libertadores e apesar do grupo complicado, tenho certeza que o Wilstermann, vai enfrentar de igual para igual seus adversários'', afirmou o zagueiro. #FutebolBrasileiro #jogador de futebol #Casos de Superação