O jogador santista #Bruno Henrique reagiu de forma inesperada em uma rede social nesta segunda-feira (6), dois dias após seu time, o Santos, sofrer uma derrota diante do rival Corinthians por 1 a 0, em partida válida pelo campeonato paulista.

Após ser chamado de "nego do c***" pelo torcedor Thiago Henrique, o jogador revoltou-se e mandou uma mensagem informando que iria acionar seus advogados e a polícia, devido ao conteúdo racista da postagem. O atleta ainda disse que "falar por rede social é fácil", dando a entender que o torcedor não fala isso frente a frente com ele.

O torcedor, então, disse que era fã do jogador e que estava bravo com a derrota sofrida no último jogo.

Publicidade
Publicidade

Bruno Henrique retrucou, dizendo que também não gosta de perder, mas que, se o torcedor permanecesse falando assim com ele, iria acionar um suposto tio policial civil para ir atrás dele. Bruno terminou a mensagem dizendo: "você não me conhece, então...". O comentário por parte do torcedor foi apagado minutos depois.

Contratação cara

Bruno Henrique foi uma das contratações mais caras do alvinegro da Vila Belmiro nos últimos anos, custando cerca de 4 milhões de Euros aos cofres santistas. O jogador vem sendo cobrado devido ao alto investimento e pouco resultado em campo, apesar do pouco tempo de entrosamento.

Essa não é a primeira vez que a torcida santista ataca os jogadores por meio das redes sociais. Diversos atletas do elenco da Baixada Santista já bloquearam seus perfis em redes sociais para comentários, devido às cobranças feitas pelos torcedores.

Publicidade

É o caso dos laterais Zeca e Victor Ferraz e do meia Lucas Lima, que não atuou na última partida, realizada na Arena Corinthians.

O clima também não está fácil para o treinador Dorival Junior, que teve uma reunião com os torcedores santistas no último mês, que cobravam resultados positivos neste ano, por parte do elenco santista.

O #Santos vem de uma sequência de resultados adversos e joga na próxima quinta-feira (9), fora de casa, contra o Sporting Cristal (Peru), a partir das 21h45, em partida válida pela Copa Libertadores Bridgestone. #Futebol