A partida entre Gama e Brasiliense aconteceu neste último domingo (12), no Estádio Bezerrão, acabou sendo encerrada aos 42 minutos do segundo tempo. O jogo estava empatado em 1x1, quando uma briga dentro de campo se iniciou, entre o centroavante Nunes, do Brasiliense, e o lateral Dudu Gago, do Gama. Os jogares dos dois times, inclusive membros da comissão técnica acabaram se envolvendo na confusão. O conflito se estendeu as arquibancadas, e torcedores invadiram o campo. A situação reproduziu verdadeiras cenas de selvageria.

O clássico teria sido acirrado, quando o Gama, dono da casa, abriu o placar com um gol de Roberto Pitio, minutos após, foi a vez do Brasiliense marcar o gol, com o veterano Reinaldo (jogador que atuou no São Paulo, Botafogo e Flamengo), deixando tudo igual no placar.

Publicidade
Publicidade

A partir de então o clima já ficou mais rígido entre os dois times, até que próximo do fim da partida, com os ânimos já exaltados Nunes marca falta, dando uma cotovelada em Dudu Gago. Jogadores dos dois times se aproximaram para tomar satisfação, e acabou se iniciando a confusão, reproduzindo cenas de violência.

A briga se estendeu, e membros da comissão técnica também acabaram se envolvendo no conflito. A lamentável atitude dentro de campo se estendeu as arquibancadas e os torcedores começaram a brigar também, e invadiram o campo em seguida. As imagens que circulam pela Internet mostram verdadeiras cenas de selvageria.

Lamentavelmente torcedores foram espancados de maneira cruel pelos torcedores adversários, às imagens são fortes e entristecedoras, sendo inadmissível para um clássico de futebol.

Publicidade

Em um dos vídeos é possível ver o momento que um desses espancamentos, quando torcedores do Gama puxaram a faixa levada pela torcida adversária. Dentro do campo se transformou num verdadeiro cabo de guerra, entre os torcedores do Gama contra torcedores do Brasiliense. Até que um torcedor do Brasiliense cai no final da lateral do campo, e acaba sendo brutalmente espancado pela torcida rival, com chutes, pontapés, sendo pisoteado pela torcida adversária, e ainda tem sua roupa arrancada.

A confusão se estendeu até fora do estádio, à polícia teve que usar gás lacrimogêneo, e spray de pimenta. A partida foi encerrada pelo árbitro ante do tempo regular, aos 42 minutos, por causa do caos instalado pelo conflito.

Somente a pós 10 minutos do inicio de toda confusão a polícia conseguiu conter os ânimos. Porém o estádio só cheirava ao gás e ao spray de pimenta. Muitos torcedores precisaram de atendimento médico e foram socorridos por ambulâncias.

Confira abaixo um dos vídeos que circulam na internet. Atenção cenas fortes:

#Crime #Investigação Criminal