O clima esquentou nos lados da Arena. Tudo ocorreu devido a uma notícia de negociação de Maicon, jogador do #Grêmio, para o #Futebol chinês, conhecido por oferecer milhões aos atletas brasileiros, desmentida pelo próprio jogador em seu Instagram oficial.

A notícia foi divulgada no site do Vidarte Repórter, da SBT, e nela havia a informação que o empresário do atleta, Jorge Machado, junto com seu sócio Bismarck estavam encaminhando uma transferência do volante do Grêmio para um time da China já para 2017. O jornalista citou também o desejo do atleta em buscar sua independência financeira depois da valorização que ele teve após o título da Copa do Brasil em 2016.

Publicidade
Publicidade

Confira o texto que Maicon publicou em sua rede social:

"Infelizmente alguns profissionais de imprensa usam de mentiras para buscar clique. Essa forma de trabalhar, da minoria sem responsabilidade, acaba prejudicando uma profissão tão Importante no meio do futebol: os jornalistas.Eu trabalho sério, me dedico diariamente para fazer o meu melhor e corresponder dentro de campo. Estou muito feliz no Grêmio e quero cravar meu nome na história do clube, vencer mais e vestir por muito mais tempo essa camisa que me dá tanto orgulho."

O Grêmio comprou o jogador do São Paulo no fim de 2015 pagando cerca de 7 milhões de reais, dando de entrada a metade do dinheiro. A intenção do clube, segundo seus próprios dirigentes não é se desfazer do jogador, já que o time está necessitando de volantes para as disputas de importantes campeonatos nesse ano, como a Libertadores.

Publicidade

A assinatura de contrato com o atleta vai até 2018.

Aliás, em relação ao volante, o Grêmio busca a contratação de outro para fazer a dupla com Maicon. Trata-se de Musto, do Rosário Central. A negociação do Grêmio com o clube argentino não está sendo nada simples. O clube gaúcho já tentou de várias formas fazer com que o presidente do Rosário aceite sua proposta e inclusive pode colocar Maxi Rodríguez no negócio. O vice-presidente do clube argentino, Ricardo Carloni, disse nos últimos dias que a proposta gremista que chegou até agora é "insuficiente" e não aceitaria negociar o jogador por valores inferiores ao pedido inicialmente. #Futebol Brasileiro