Tentando se reforçar no decorrer da temporada, o #Corinthians voltou a agitar o #Mercado da bola. Desta vez, o nome do clube esteve envolvido em uma possível negociação com o atacante Diego Tardelli, atualmente no Shandong Luneng, da China. As informações foram divulgadas no último sábado (18), pelo portal “Globoesporte.com”.

Apesar da sondagem feita pelo clube de Parque São Jorge, Diego Tardelli não deixará o #Futebol chinês, pois lá seu salário é de aproximadamente R$ 2 milhões e ele está passando por um bom momento na atual temporada. Vale ressaltar também que o contrato do jogador de 31 anos com o Shandong Luneng é até janeiro de 2019, dificultando ainda mais a sua saída do clube.

Sem Diego Tardelli, Corinthians continua de olho no mercado

De fato, o Corinthians está em busca de um jogador para reforçar o setor ofensivo da equipe comandada por Fábio Carille, mas a falta de dinheiro e as poucas opções no mercado complicam a chegada de um novo reforço ao clube. Mesmo com toda essa dificuldade, o Timão não desistiu de contratar um atacante e continua analisando o mercado da bola.

Até o momento, a diretoria corintiana não revelou os nomes que estão sendo analisados. Segundo o portal “Meu Timão”, o clube paulista segue procurando por um atacante de peso, que chegue para ajudar o setor ofensivo do time de forma imediata, pois o ataque é o que mais está preocupando o técnico Fábio Carille.

Principal problema do Corinthians nesta temporada, o ataque está carecendo de um novo reforço para vestir a camisa 9, que até então está sem dono. Como o Timão ainda está em busca de um novo nome para reforçar o setor, o técnico Fábio Carille terá que montar sua equipe com os atuais jogadores do elenco.

Sem ter um camisa 9, Jô é o escolhido de Carille

Por enquanto, o preferido do treinador corintiano é o experiente Jô. Embora ainda esteja sofrendo algumas críticas por parte da torcida, o camisa 7 é o artilheiro da equipe nesta temporada. Ao todo, foram 14 jogos disputados e quatro gols marcados, dois deles em clássicos.

Jô chegou ao Corinthians com muita desconfiança, pois ele estava há cinco meses sem atuar. Sob muitas críticas, suas primeiras partidas no Timão não agradaram, mas agora a situação é completamente diferente. O camisa 7 ganhou a confiança da torcida após fazer dois gols em clássicos – um contra o Santos e outro contra o Palmeiras.