Jogo de #Libertadores, na #Argentina, com estádio acanhado. Este foi o cenário que o Palmeiras encontrou na noite desta quarta-feira (08) em Tucuman.

O estreante na competição sul-americana, Atlético Tucuman, recebeu o #Palmeiras e pressionou o atual campeão brasileiro.

Um jogo difícil em tese e que piorou quando Vitor Hugo foi expulso aos 25 minutos do primeiro tempo. Um minuto depois, os donos da casa abriram o placar com o artilheiro Zampedri.

O gol deixou os palmeirenses ainda mais nervosos, mas, com o passar do tempo, o time foi se ajeitando e Dudu desequilibrou.

Em uma rápida escapada do camisa 7, deixou três adversários para trás e sofreu falta na entrada da área.

Publicidade
Publicidade

Ele mesmo bateu e levantou. Keno aproveitou e deixou tudo igual: 1 a 1

Antes do final do primeiro tempo, o Verdão teve chances de ficar à frente do placar, mas o goleiro Zuchetti estava em noite inspirada. Levou a melhor em duas oportunidades contra Miguel Borja.

No segundo tempo, Eduardo Baptista colocou em campo Roger Guedes, mas o atacante não entrou bem. Antes de dar lugar a Willian, o atacante colombiano Borja teve outra oportunidade frente a frente com Zuchetti, mas a bola caprichosamente foi pra fora.

O Palmeiras comemorou o ponto conquistado fora de casa, mas ficou com uma sensação que poderia ter sido melhor.

O goleiro Fernando Prass destacou o jogo equilibrado contra o estreante em Libertadores. "Tivemos chances claras de gol, tivemos três. Eles também tiveram. Em termo de posse de bola, foi desequilibrado.

Publicidade

Em chance de gol, igual", declarou.

Já o autor do gol de empate palmeirense, Keno, defendeu o zagueiro Vitor Hugo e comemorou o resultado fora de casa.

"Jogar com um a menos fora de casa é complicado, tivemos que correr o dobro pelo Vitor Hugo, um jogador muito importante para nosso grupo. Ele não fez por maldade. Sabemos que foi um choque, um lance normal, mas corremos por ele, é um jogador muito importante para nós nessa caminhada da Libertadores.", comentou

O Palmeiras termina a primeira rodada na segunda posição do Grupo 5, atrás do Jorge Wilstermann (BOL), que venceu o Peñarol (URU) por 6 a 2.

A próxima partida do Alviverde pela Libertadores é contra o próprio Jorge Wilstermann, semana que vem no Allianz Parque.

Antes, neste sábado (11), recebe o rival São Paulo pelo Campeonato Paulista.