O Palmeiras está sempre atento ao mercado. A diretoria de #Futebol do clube, comandada por Alexandre Mattos, procura sempre analisar e entender as melhores situações. O Departamento de Análises também está sempre de olho nos novos atletas que surgem, além de apresentar números interessantes para novas contratações.

Quando o volante Gabriel se machucou em 2015, o Departamento analisou as séries A e B do Campeonato Brasileiro e orientou a contratação de Thiago Santos, então jogador do América-MG. Mattos não teve dúvidas e realizou o negócio. Hoje o jogador disputa posição com Felipe Melo, atleta consagrado na Europa e que já disputou até Copa do Mundo com a seleção brasileira.

Publicidade
Publicidade

Mattos tem um jeito agressivo de fechar negócio. Apresenta o projeto, fala do Allianz Parque e do grande Centro de Excelência novinho em folha. Além disso faz promessa do não atraso salarial, algo tão comum no futebol brasileiro atualmente. O 'pacotão' oferecido pelo executivo tem sido um sucesso e conquistou muitos jogadores de forma 'matadora.

Tentativa de chapéu

O São Paulo, rival de muro do #Palmeiras, contratou em julho do ano passado o jovem Léo Natel, de apenas 20 anos. O jogador veio do Benfica e ficou no Sub-20 do time do agora técnico Rogério Ceni. Com excelentes atuações e títulos conquistados (Campeão Paulista, Campeão da Copa do Brasil e Campeão da Copa RS), o jogador subiu rapidamente e deve estar no banco de reservas na partida de hoje quando o São Paulo encara o ABC-RN em Natal.

Publicidade

O contrato de Natel termina no próximo dia 30 de junho. O time português fixou um valor de compra e o São Paulo aceitou pagar, mas protelou um pouco. Sabendo disso, o Palmeiras entrou em contato e fez algumas consultas. Dirigentes do Benfica entenderam a situação e repassaram para o São Paulo, que tenta atualmente fechar o negócio com brevidade. Ainda não tem nada certo, mas o Verdão está 'em cima' e bem atento ao que pode acontecer.

Logo mais, às 21h45, o Palmeiras encara o Jorge Willsterman-BOL pela Copa Libertadores, no Allianz Parque, em São Paulo. #Mercado da bola