O Palmeiras é, disparadamente, o clube com melhor situação financeira do Brasil. As receitas com o Allianz Parque, o programa de sócio torcedor Avanti e a injeção financeira da Crefisa/FAm tornaram o Alviverde uma das grandes potências.

Flamengo e Cruzeiro também seguem o mesmo caminho, mas com um pouco menos de poderio financeiro. Portanto, qualquer bom jogador que esteja retornando para o país interessa principalmente a esses três clubes.

Éverton Ribeiro, ex-meio-campo da seleção, é uma das estrelas do Al Ahli. Com bom desempenho, foi contratado a peso de ouro por incríveis 7 milhões de euros na época. Ribeiro estourou no Cruzeiro e foi o grande destaque do time mineiro em 2013 e 2014.

Publicidade
Publicidade

A venda engordou os bolsos do time brasileiro.

Depois de passar algumas temporadas por lá, o jogador percebeu que não teria mais tanta visibilidade e decidiu que quer retornar para o Brasil. Mas enfrenta dois problemas complicados para carimbar a volta: primeiro, o time árabe entende que precisa ser ressarcido com parte do valor que pagou e, segundo, os salários do jogador ultrapassam a margem de um milhão de reais, valor totalmente fora da realidade do #Futebol brasileiro e até sulamericano.

O Flamengo, por sua vez, é o time que, de fato, está mais perto de contratar. Porém, conforme material divulgado pelo UOL Esporte, Rodrigo Caetano, diretor de futebol, tem uma estratégia mais futura. O negócio precisa ser concretizado até dia 04 de abril, mas o time carioca quer tentar valores menores no meio do ano.

Publicidade

O poder de barganha, no caso, seria maior e o Flamengo conseguiria inscrevê-lo no Brasileiro e na Libertadores (caso passa para a segunda fase).

O #Palmeiras tornou-se o clube mais distante no negócio. Maurício Galiotte, atual presidente, revelou ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, que está muito contente com o que tem em mãos (Dudu, Guerra e Michel Bastos). Pagar o salário não seria o grande problema, o problema maior seria aumentar a folha salarial com um jogador que talvez seria a terceira ou quarta opção. O Palmeiras ainda aguarda o retorno do meia Moisés que, antes da lesão, era titular absoluto. #Mercado