Nesta terça-feira deu-se início à fase semifinal do ##WBC (World Baseball Classic). As seleções responsáveis por iniciar essa etapa foram a #Holanda e a invicta seleção de #Porto Rico. Em um jogo intenso os porto-riquenhos arrancaram a vitória por 4x3 nas entradas extras, com walk-off single de Eddie Rosário.

O jogo começou quente. Jorge Lopez foi o arremessador escolhido por Porto Rico para abrir a partida, mas o jovem de 24 anos não foi muito feliz. O primeiro batedor holandês, Andrelton Simmons, conseguiu uma rebatida válida.

Publicidade
Publicidade

Na sequência Lopez acertou Xander Bpgaerts. Simmons tentou roubar a 3ª base e foi morto. Jurickson Profar rebateu uma simples, chegou na primeira base e, quando estava comemorando, Molina conseguiu eliminá-lo. Wladimir Balentien isolou a bolinha no centro do campo, abrindo o placar: 2x0 para os holandeses.

Os porto-riquenhos igualaram o placar na mesma entrada. Francisco Lindor conseguiu uma rebatida dupla e, na sequência, Carlos Correa mandou um home run para o lado esquerdo do campo (2x2). Carlos Beltran deu sequência nas rebatidas válidas, conseguindo um single, mas Molina rebateu fraco, cedendo o double-play.

Na 2ª entrada Porto Rico segurou o ataque dos holandeses e não desperdiçou a chance no ataque. Javier Baez conseguiu uma simples, Eddie Rosário rebateu mal e os dois foram eliminados, mas T.

Publicidade

J. Rivera salvou à entrada com um belo home run no lado esquerdo (3x2).

Deste momento até o 5º inning, o jogo se tornou uma guerra de arremessadores e também uma sequência de pitchers trocados. Na 5ª entrada a Holanda voltou ao jogo. Wladimir Balentin conseguiu uma rebatida dupla e foi impulsionado ao home com o double de Shawn Zarraga (3x3).

As duas equipes brigavam para tentar anotar corridas, mas não conseguiam encaixar uma boa rebatida quando tinham corredores em base e, assim, com o empate, o jogo foi para as entradas extras. Os torcedores foram à loucura.

Na primeira entrada extra, a 10ª do jogo, algumas substituições foram feitas na defesa, inclusive no arremessador de Porto Rico, e deu resultado. Três jogadores holandeses foram eliminados por strikeouts. Agora no ataque, os porto-riquenhos conseguiram uma rebatida simples com Lindor e Corrêa rebateu fraco eliminando os dois corredores. Enrique Hernandez rebateu alto e foi eliminando.

Na segunda entrada extra, a 11ª do jogo, foi imposta a regra de desempate e a Holanda foi para o tudo ou nada.

Publicidade

Stijn Van Der Meer fez um toque de sacrifício conseguindo avançar os corredores e morrendo na primeira base. Edwin Diaz ganhou a base com um Intentional Walk e Curt Smith rebateu fraco dando o double-play.

Para fechar o jogo, Porto Rico também se aproveitou bem da regra. Molina tocou em sacrifício, avançando os corredores e morrendo em base. Loek Van Mil ganhou a primeira com um intentional walk e Eddie Rosário levantou a bola rebatendo em sacrifício, dando a chance de Correa correr forte e anotar o ponto da vitória (4x3).

Porto Rico espera o vencedor entre Estados Unidos x Japão, que acontece hoje por volta das 20h (horário de Brasília). A grande final será no dia 22/03.