Após o fim da fase preliminar, a maior competição da América do Sul começou a primeira rodada da sua fase de grupos na terça-feira. Com número recorde de brasileiros, os confrontos agora são entre os times do mesmo grupo, com jogos de ida e volta, somando pontos para avançar. Oscilando muito, sete dos oito brasileiros começaram a competição, sofrendo com jogos fora de casa e em gramados ruins. O Flamengo foi o destaque, goleando o San Lorenzo. Confira o resumo da participação brasileira:

Zulia 1 x 2 Chapecoense

A Chapeterror foi o primeiro time brasileiro a vencer nessa edição da #Libertadores. Jogando fora de casa contra o time do Zulia, em Maracaibo, Venezuela, o jogo teve um nível técnico baixo e foi muito pesado, muito por causa do estado ruim do gramado.

Publicidade
Publicidade

De falta, Reinaldo abriu o placar no primeiro tempo. Já na segunda etapa, Luiz Antonio acertou chute rasteiro de fora da área. O Zulia ainda reagiu com um gol de Arango, mas a Chape segurou o placar.

Atlético-PR 2 x 2 Universidad Católica

Com público baixo por conta do alto preço dos ingressos, o Furacão estreou mostrando um bom #Futebol, com organização, toque de bola e paciência para chegar ao gol. Logo no começo, Jonathan cruzou rasteiro para Lucho que marcou o primeiro gol da partida. O Atlético continuou dominando, porém sem tanta intensidade no ataque, mas no segundo tempo chegou ao gol com um belíssimo chute de fora da área de Nikão.

Com 40 minutos do segundo tempo, o time chileno aproveitou a postura recuada do Furacão para descontar com gol de cabeça de Llanos. Aos 44, Noir desviou cruzamento para o empate da LaU.

Publicidade

Godoy Cruz 1 x 1 Atlético-MG

Em um gramado péssimo, o Galo foi visitar o time argentino Godoy Cruz. O time mineiro sentiu muita dificuldade em criar jogo e viu o time da casa abrir o placar logo no primeiro minuto de jogo. Aos 5 minutos do segundo tempo, quando o Atlético conseguiu se impôr, chegou ao gol com Fred, de pênalti.

Atlético Tucumán 1 x 1 Palmeiras

O badalado campeão brasileiro foi ao norte da Argentina. Mesmo com o fator casa a favor dos argentinos em um estádio sufocante, os palmeirenses eram superiores. Mas as coisas complicaram quando, aos 21 minutos jogados, Victor Hugo recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, fazendo com que o Palmeiras jogasse quase o jogo todo com 10 em campo, e forçando Eduardo Baptista a tirar Michel Bastos e colocar o zagueiro Antônio Carlos no jogo, esvaziando o meio campo.

Logo depois da expulsão, o Tucuman abriu o placar com o goleador Zampedri. O Palmeiras chegou ao gol de empate aos 39, com uma bola na área em falta cobrada por Dudu, que foi desviada por Thiago Santos e Keno aproveitou para colocar nas redes.

Publicidade

Um dos destaques negativos do time do Palmeiras, além do zagueiro Victor Hugo, foi o atacante Borja que, após dois jogos de estreia com gols, perdeu três chances de marcar.

Flamengo 4 x 0 San Lorenzo

Com primeiro tempo muito ruim, o time rubro-negro, empurrado por sua imensa torcida na reabertura do lendário Maracanã, conseguiu uma goleada no segundo tempo, após a entrada de Berrío, contando com falhas do adversário e boas atuações. Diego abriu o placar aos 3 minutos com um belo gol de falta, e aos 16 passou para Trauco, que acertou o gol de fora da área. Rômulo ampliou aos 25, de cabeça. Aos 43 minutos, Gabriel acertou chute no ângulo e fechou o placar. O Flamengo agora é líder do grupo que também conta com o Atlético-PR.

Zamora 0 x 2 Grêmio

O Imortal foi até a Venezuela e saiu com a vitória em um jogo tranquilo. Após bela troca de passes, o lateral veterano Léo Moura abriu o placar no primeiro tempo. No segundo, Luan ampliou o placar de pênalti.

Sporting Cristal 1 x 1 Santos

O Santos foi até o Perú, tentando começar bem a sua campanha e espantar a má fase. Com um primeiro tempo muito ruim, o time peruano abriu o placar com um gol de cabeça de Cazulo. Já na segunda etapa, o time brasileiro melhorou em campo, em especial Lucas Limas, que cruzou para Thiago Maia empatar.

Dia 14, o Botafogo estreia contra o Estudiantes.