A #Chapecoense conquistou neste sábado (15) o returno do Campeonato Catarinense. A equipe comandada por Vágner Mancini venceu o Joinville por 2x0, com gols de Reinaldo, que marcou em um pênalti, e Túlio Melo, que marcou de cabeça.

"O clube viveu um drama, mas os atletas que chegaram vestiram a camisa e incorporaram o espirito guerreiro da Chapecoense", disse o técnico. O presidente do Clube, também emocionado, agradeceu "Os jogadores escreveram a primeira parte de suas histórias aqui na Chapecoense" A equipe de Chapecó, que está há 8 jogos sem perder e com o melhor aproveitamento na classificação geral do Campeonato Catarinense, chega à seu primeiro título após a tragédia no avião, que partiu para a Colômbia, onde caiu há quase 5 meses.

Publicidade
Publicidade

Quando questionado sobre a vitória e o gol, o atacante Túlio Melo disse: "Esse título tem que ser muito celebrado por todos no clube. Por tudo que aconteceu, essa conquista é uma homenagem aos guerreiros que nos deixaram e marcaram seus nomes no clube. Continuamos escrevendo a história que eles deixaram".

Após o jogo, realizado na Arena Condá, torcedores de diversos times, em diversas regiões do país, manifestaram sua alegria ao ver que o Índio Condá havia sido campeão neste sábado. A equipe recebeu a taça Sandro Pallaoro, nome que faz homenagem ao ex presidente do Verdão do Oeste (o dirigente é considerado um símbolo de sucesso do clube). Entretanto, o troféu entregue pela Federação Catarinense de Futebol não foi o original, mas um simbólico. Durante a comemoração, Alan Ruschel foi um dos que teve a oportunidade de levantar o troféu (Ruschel é um dos sobreviventes da queda do avião).

Publicidade

Jogadores, comissão técnica e diretoria dedicaram o título aos atletas que deveriam enfrentar o Atlético Nacional pela Copa Sul-Americana no ano passado.

A viúva de Sandro Pallaoro esteve presente, acompanhada da família, em um dos camarotes do estádio. Vanusa Pallaoro disse acreditar não ser somente para o marido, mas para todos.

Com a melhor campanha, a #Chape tem a chance de ser campeã pela sexta vez.O clube deve enfrentar o Avaí na disputa pelo Campeonato Catarinense. Os jogos estão marcados para o dia 30 de abril na Ressacada e o jogo de volta deve acontecer dia 7 de maio na Arena Condá. Até lá, a Chape vai receber o Nacional do Uruguai, nesta terça-feira, às 21h45 (de Brasília), na Arena Condá, pela terceira rodada do Grupo 7 da Libertadores. #ForçaChape