Grêmio, Cruzeiro, Flamengo e São Paulo consideravam a possibilidade de contar com o meia que foi destaque no bicampeonato do Cruzeiro em 2013 e 2014. Esbarravam na vontade do clube árabe em contar com o jogador para a temporada de 2017, tendo em vista que o time em que ele jogava havia sido campeão da Copa Etisalat no último final de semana.

O #Flamengo é o clube que está mais perto da contratação e quer parcelar o pagamento - apesar da resistência no negócio, os árabes só aceitam qualquer conversa com valores acima de 5 milhões de euros (R$ 16 milhões) por 50% dos direitos econômicos de Everton. O rubro-negro estuda a oferta.

Publicidade
Publicidade

Dirigente garante que o meia fica

"Éverton Ribeiro continua com o Al-Ahli", disse Khalifa Suleiman na entrevista. "Nós não vamos contratar jogadores na próxima temporada por falta de matéria-prima melhor do que os jogadores que já temos no Al-Ahli". O alto investimento que deveria ser feito para contar com o jogador fez os clubes brasileiros recuarem nas negociações. O mercado brasileiro não está apto para grandes investimentos, principalmente em questão de salário.

Éverton quer voltar

Aos 27 anos, Éverton Ribeiro tem contrato com o Al-Ahli até 29 de janeiro de 2019 e tem o sonho de voltar a atuar pela Seleção Brasileira. Satisfeito com o que ouviu sobre a estrutura no Ninho do Urubu e o exemplo de Diego, que vem sendo convocado por Tite, Éverton e seu staff viram no Flamengo o clube ideal para o feito.

Publicidade

“Após longa reunião com o jogador em Dubai, levamos em conta algumas situações e passamos a considerar de fato sua saída. São dois lindos anos aqui com mais de cinco importantes títulos nacionais e continentais que coroam a passagem dele pelos Emirados. Praticamente ganhou tudo aqui. Mas neste momento estamos direcionados a outro projeto. Já me reuni com os representantes do seu clube e comuniquei a eles o desejo do jogador que é de sair”, acrescentou o empresário do jogador.

O Flamengo fez sua parte no fim da janela internacional para ter Éverton Ribeiro. O clube se acertou com o jogador e seu staff que conversaram com o Al Ahli em reuniões para tentar a sua liberação. Mesma tática usada pelo clube em negócios anteriores. A decisão é do Al Ahli agora. Porém, é quase impossível que isso aconteça tendo em vista que a janela de transferência se encerra hoje, e o clube árabe teria que liberar o jogador hoje. #Mercado da bola #everton ribeiro