Prepare a pipoca, torcedor. A partir deste sábado, tem início um final de semana de muita emoção e decisão entre os campeonatos #Estaduais pelo Brasil. Depois de primeiras fases longas, por vezes monótonas, estádios essencialmente vazios e torcedores desinteressados, enfim jogos importantes brindarão o fã do #Futebol brasileiro. Confira quem é quem nesse final de semana decisivo pelo país.

São Paulo

Já neste sábado, a partir das 19h, o Palmeiras terá de provar a força do seu tão bem falado elenco. Precisará reverter o placar adverso sofrido contra a Ponte Preta, por 3x0, no jogo de ida da semifinal do Paulistão no Moisés Lucarelli, no domingo passado.

Publicidade
Publicidade

O Verdão irá com o que tem de melhor e conta com o Allianz Parque lotado para buscar o placar. Desde 2008, nos tempos de Valdívia, Diego Souza e companhia, que o Palmeiras não sabe o que é vencer um Campeonato Paulista.

Na outra "perna" da semifinal de São Paulo, o Corinthians precisa apenas administrar a boa vantagem que construiu sobre o São Paulo. Com gols de Jô e Rodriguinho, o Timão venceu por 2x0 no Morumbi e pode até perder por um gol na Arena Itaquera que mesmo assim avançará à final. O clima corintiano, no entanto, não é dos melhores depois da dolorosa eliminação na Copa do Brasil no meio de semana, em casa, nos pênaltis, contra o Inter. O São Paulo também caiu no torneio diante do Cruzeiro, em Minas Gerais.

Rio de Janeiro

No Rio, dá para se dizer que somente agora o Campeonato Carioca está valendo de tarde.

Publicidade

Porque tanto o Fluminense, vencedor da Taça Guanabara, quanto o Vasco, vencedor da Taça Rio, sabem que as conquistas têm menos peso que os jogos decisivos das semifinais gerais de agora. Vale destacar que o tão atrapalhado regulamento do torneio permitiu uma brincadeira do atacante Sassá, do Botafogo, que disse que jogava as partidas sem entender o formato do estadual.

Ambos os jogos do final de semana ocorrem no Maracanã. No sábado, às 19h, o Fluminense tem a vantagem do empate contra o Vasco, embalado após a chegada do técnico Milton Mendes. Já no domingo, às 16h, o Flamengo pode até empatar com o Botafogo, que empatou quinta-feira pela Libertadores contra o Barcelona, no Equador.

Rio Grande do Sul

Teremos Gre-Nal na final mais uma vez? É possível, mas o cenário atual indica que pode não acontecer. Isso porque o Grêmio joga no domingo, às 19h, em desvantagem fora de casa contra o Novo Hamburgo - depois de ter tropeçado em 1x1 na Arena. Já o Inter tem uma vantagem magra e tenta defender o 1x0 do Beira-Rio às 16h deste domingo, contra o Caxias, no Centenário.

Publicidade

Minas Gerais

Situação semelhante vive o estadual mineiro, que também pode ter um Cruzeiro x Atlético na decisão se ambos confirmarem o favoritismo na semifinal. Nos dois primeiros jogos, mesmo placar: 1x1. Agora, o Galo busca a vaga sobre o URT, no Independência, às 16h, de domingo, enquanto a Raposa quer passar pelo América, no Mineirão, às 18h.

Os demais

Na Bahia, um Ba-Vi se aproxima. O Bahia fez 3x0 fora de casa no Flu de Feira e precisa apenas cumprir a classificação em casa, neste sábado, às 16h. Já o Vitória tem menor vantagem, mas empatou em 1x1 fora o jogo de ida contra o Vitória da Conquista. O jogo de volta é domingo, no Barradão, às 16h.

No Recife, muita indefinição. Isso porque o Sport fez 3x2 no Náutico em casa na primeira semi e vê o duelo em aberto neste domingo, às 16. Na outra parte, o Santa Cruz venceu por apenas 1x0 o Salgueiro no Arruga e agora joga fora de casa, no sábado, às 19h.

Também às 16h de domingo, Goiás e Atlético-GO se enfrentam no Serra Dourado depois do Esmeraldino ter vencido a ida por 2x1. Do outro lado da semi, o simpático Vila Nova visita o Aparecidense, somente na segunda-feira (20h), amparado pela vantagem inicial de 2x1.

Encerrando o giro dos estaduais, o Catarinense tem uma folga nesse final de semana. O campeonato já se encontra na fase final e terá Avaí e Chapecoense na grande decisão. O jogo de ida ocorre no dia 30, na Ressacada, e a grande decisão fica para a Arena Condá, no dia 7.