O #Fluminense deve contar, brevemente, com um importante retorno. Afastado dos gramados desde o último sábado de Carnaval, #Gustavo Scarpa deu, nesta terça, mais um importante passo para estar novamente à disposição do técnico Abel Braga. Sem demonstrar qualquer limitação, o meia participou do coletivo dirigido pelo técnico Abel Braga, atividade que encerrou a preparação para o confronto de quarta, às 19h30 (de Brasília), no estádio de Los Larios, em Xerém, distrito de Duque de Caxias, região metropolitana do Rio de Janeiro, válido pela última rodada da Copa da Primeira Liga.

Scarpa se lesionou durante o primeiro tempo do empate sem gols diante do Madureira pelas semifinais da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca ao receber entrada violenta de Douglas Lima.

Publicidade
Publicidade

Inicialmente, a contusão foi tratada apenas como uma entorse, mas, com o passar dos dias, o camisa 10 permanecia se queixando de fortes dores, levando o departamento médico a realizar um exame de ressonância magnética, no qual se viu a existência de uma fissura no tornozelo direito.

Mesmo com a evolução positiva do quadro, o Fluminense mantém a postura oficial de não estabelecer prazo para o reaproveitamento de Gustavo Scarpa. Informações de bastidores, no entanto, dão conta de que tudo vem sendo trabalhado para que ele esteja em campo no próximo dia 10 de maio, quando o Tricolor irá ao Centenário, em Montevidéu, capital do Uruguai, para enfrentar o Liverpool-URU no jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana.

Sem poder contar com a sua principal estrela, Abel resolveu implantar um novo sistema tendo três atacantes, dois abertos pelas pontas e um mais centralizado.

Publicidade

Com essa forma de atuar, o Fluminense obteve importantes resultados ao longo da temporada. Na Copa do Brasil, está nas oitavas de final (enfrenta, nos dias 17 e 31 de maio, o Grêmio). Na Copa Sul-Americana, como venceu, no Maracanã, pelo placar de 2 a 0, pode ate ser derrotado por até um gol de diferença. Na Copa da Primeira Liga, necessita apenas de um empate para estar na segunda fase e manter o sonho do bi. Para finalizar, a partir das 16h (de Brasília) do próximo domingo, decide, em dois jogos, contra o maior rival, o Flamengo, o título do Estadual do Rio de Janeiro, competição que não levanta a taça desde 2012, quando, curiosamente, também era comandado por Abel Braga, derrotando, na final, acontecida no Engenhão, o Botafogo. #PaixãoPorFutebol