Não foi apenas o empate em 1 a 1 contra o Corinthians, nesta quarta-feira (12), no estádio Beira-Rio, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, que deixou o torcedor colorado irritado. No primeiro gol da partida, marcado pelo corintiano Romero, o narrador do #Fox Sports Gustavo Villani usou uma frase que serve de provocação ao Inter: “põe no #DVD”, gritou o locutor. O canal transmitia o jogo ao vivo para todo o Brasil, com exclusividade para a TV fechada. Veja o vídeo abaixo:

O torcedor alvinegro, logicamente, vibrou no que considerou grande “mitada” do narrador. Porém, o lado vermelho não ficou nada contente e não demorou a chover críticas à postura do profissional de comunicação.

Publicidade
Publicidade

Através de sua conta no Twitter, Villani buscou justificar sua atitude: “'Colorados, o 'põe no DVD' foi para valorizar o gol do #Corinthians”, se esquivou. No entanto, a explicação não convenceu os fãs do Inter, muitos deles classificando como desnecessária a frase e outros direcionando mensagens mais ofensivas ao jornalista.

E os comentários não ficaram restritos aos torcedores das duas equipes. Torcedores do Grêmio aproveitaram a situação para pegar uma carona e provocar o grave rival. “Os caras da Fox vão matar os colorados de amargura. Gol do Grêmio: Time mais copeiro do Brasil. Contra eles é: põe no DVD”, escreveu um deles.

O tal DVD

Mas afinal, como começou essa história de “põe no DVD”? Para entendermos isso voltamos alguns anos no tempo, mais precisamente em 2005, quando houve o estopim da rivalidade entre os dois times.

Publicidade

O Campeonato Brasileiro daquele ano ficou marcado pelo escândalo de manipulação de resultados e 11 partidas tiveram que ser remarcadas, sendo duas do Corinthians e uma do Colorado. Enquanto que o Inter conseguiu vencer novamente o Coritiba, o Corinthians teve um empate contra o São Paulo e uma vitória contra o Santos, adversários que já tinham sido derrotados anteriormente, o que lhe deu 4 pontos a mais. Para apimentar ainda mais as polêmicas, no confronto entre ambos, no estádio do Pacaembu, o árbitro não marcou um pênalti claro do goleiro Fábio Costa em cima de Tinga e ainda expulsou o jogador colorado por simulação. No final, o Timão foi campeão com 1 ponto de vantagem.

Em 2009, novamente os dois times estavam em meio a uma disputa de título nacional, desta vez a Copa do Brasil. Após o primeiro jogo, vencido pelo Corinthians em São Paulo por 2 a 0, a diretoria do Inter preparou um DVD com vários lances de jogos que supostamente favoreciam o time paulista. O empate no jogo de volta por 2 a 2 deu ao alvinegro seu terceiro título na competição e daí surgiu a famosa expressão “põe no DVD”, que desde então vem sendo usada pelo torcedor corintiano a cada triunfo em cima dos gaúchos.