O Palmeiras até que tentou. A torcida foi ao Centro de Treinamento, apoiou, conversou com os jogadores, fez aquela festa, mas o time retribuiu pouco em campo. Após perder por 3 a 0 no Moisés Lucarelli, o Verdão ganhou de 1 a 0 no Allianz Parque e acabou eliminado do Campeonato Paulista.

Para o jogo da volta, o técnico Eduardo Baptista promoveu algumas mudanças. Egídio entrou na lateral no lugar de Zé Roberto e Róger Guedes entrou no lugar de Willian. O primeiro tempo foi todo do #Palmeiras, que não tinha pontaria. Muitos gols perdidos, muitas chances desperdiçadas e muito nervosismo.

Na segunda etapa o time voltou sem qualquer tipo de alteração.

Publicidade
Publicidade

Michel Bastos e Keno entraram praticamente no meio do tempo e o time conseguiu marcar 1 a 0 perto dos quarenta minutos.

A vitória e a consequente eliminação não devem provocar a demissão do técnico Eduardo Baptista. Mas o comandante perde um pouco da proteção da diretoria. Ao soar o apito final, Baptista ouviu muitas ofensas dos torcedores e saiu de campo chateado. O que os dirigentes temem é que ele tenha perdido o controle do grupo. É a segunda vez seguida que Borja é substituído e chuta um copo dágua, demonstrando insatisfação com a troca.

Foco na Libertadores

Fora do #Paulistão, o elenco volta as suas atenções para a Copa Libertadores. No torneio, o Verdão segue líder do seu grupo com sete pontos e tem condições de deixar a classificação bem encaminhada na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Peñarol no Uruguai.

Publicidade

O duelo deve ser bem tenso. No jogo em que o time uruguaio perdeu no Allianz Parque por 3 a 2, parte da imprensa local considerou que a partida teve acréscimo demais e prejudicou o time de amarelo. Jornais estamparam até a palavra 'roubo' demonstrando a insatisfação com a arbitragem.

O Peñarol é tradicional em fazer grandes festas em casa. A pressão será forte e o Palmeiras terá ainda mais obrigação de vencer após sair do Estadual. O técnico alviverde deve prosseguir com algumas alterações no time e confirmá-las ao longo da semana com os treinos na Academia de #Futebol.

A assessoria de imprensa ainda não divulgou a programação, mas o time Alviverde deve embarcar na segunda-feira de noite para Montevidéu, fazer um treino no estádio adversário na terça e uma leve movimentação no dia de jogo pela manhã.

Se vencer, o Palmeiras alcançará dez pontos na competição e deixa a situação mais leve. Jorge Willsterman e Atlético Tucumán são as outras equipes do grupo palestrino.