O dia 26 de abril de 2017 vai ser mais um dia que ficará marcado na história do #Palmeiras. A vitória de virada contra o Peñarol, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa #Libertadores, ficará escrita na longa história de títulos e glórias do Alviverde de São Paulo.

Com a inédita formação com três zagueiros, o Palmeiras viu tudo ruir no primeiro tempo. O gol precoce do adversário após falta em cima de Yerry Mina (não marcada pela arbitragem) desmontou totalmente o esquema proposto por Eduardo Baptista. Sem ameaçar os uruguaios, o Palmeiras ainda sofreu o segundo gol após bobeada da zaga.

Para o segundo tempo, a redenção: entrou Willian e Tchê Tchê.

Publicidade
Publicidade

A orientação do treinador no vestiário também surtiu efeito e o gol de empate saiu rapidamente. Willian marcou um belo gol ao aplicar 'meio chapéu' e chutar por cima. Depois Mina aproveitou belíssimo cruzamento de Jean e deu igualdade no placar. Willian, de novo, virou para o Verdão e deixou os alviverdes loucos nas arquibancada do Campeón Del Siglo.

Assim que o juiz decretou o fim da partida, jogadores do Peñarol partiram para cima de Felipe Melo. Fernando Prass tentou intervir, mas a situação violenta já estava armada. Melo correu de costas e foi ameaçado, até que conseguiu desferir um soco. A confusão só piorou e praticamente todos os atletas se envolveram.

Seguranças do Palmeiras entraram em campo e conseguiram separar, levando os atletas para o vestiário com muita dificuldade. Membros do Peñarol trancaram os portões e não deixaram os palmeirenses passarem.

Publicidade

A força dos seguranças alviverdes foi primordial para que o portão fosse reaberto e as coisas ficassem mais calmas.

Ainda dentro do túnel que leva aos vestiários, mais confusão. Mas quem riu por último foram os palmeirenses, que comemoraram e provocaram ainda mais os derrotados uruguaios. A vitória praticamente classificou o Verdão e praticamente eliminou o Peñarol.

Recepção de gala

O Palmeiras chegou à São Paulo nesta quinta-feira por volta das 18h15. Assim que os jogadores chegaram, uma multidão ovacionou. O volante Felipe Melo foi o mais procurado antes os palmeirenses e tirou diversas selfies. Seguranças do Verdão, responsáveis por evitar uma enorme tragédia, também receberam aplausos e considerações.

Fernando Prass e o médico do clube conversaram com a imprensa. Willian também falou. O Verdão ganha folga nesta sexta-feira e retoma os trabalhos no sábado. #Futebol