Billy Monger estava correndo pela F-4 da Inglaterra no último domingo, 17, quando acabou sendo vítima de uma gravíssimo acidente. O jovem piloto tem apenas 17 anos de idade e estava em alta velocidade, durante a etapa de Donington Park, quando uma tragédia aconteceu em sua vida. Ao bater em outro carro da competição, Billy acabou tendo ferragens encravadas em seu corpo. Foi necessária a dupla amputação inferior do atleta, ou seja, ele perdeu as duas pernas por conta da batida.

Publicidade

A equipe do corredor, a JHR Development, confirmou que a amputação foi feita do joelho para baixo. Ao final dessa reportagem, o leitor pode ver o exato momento da batida. O vídeo com o conteúdo tinha mais de 500 mil exibições até a publicação dessa reportagem.

Publicidade

Curiosamente, o piloto estava muito bem na corrida. No entanto, acidentes acontecem e o adversário dele acabou perdendo velocidade. O corredor bateu em Patrik Pasma. A batida foi muito forte e a parte da frente do carro de Billy não podia mais ser reconhecida segundos após o #Acidente. A batida pegou em cheio a traseira de Patrik, que, felizmente, não teve ferimentos sérios. A família do atleta acompanhou tudo com tensão, mas como ele se mexia, ninguém podia imaginar que seria necessária a amputação das duas pernas. Durante todo o socorro, o jovem corredor estava consciente e conversando com os paramédicos. E olha que não foi fácil tirá-lo do local. O resgate foi extremamente complicado, demorando cerca de duas horas.

Publicidade

Os membros inferiores eram a maior preocupação da equipe de resgate.

A família do piloto, após saber da amputação, revelou que Billy sofreria para conseguir voltar a uma vida normal, mas que os amigos e parentes o ajudariam nessa batalha. Os parentes do atleta montaram um site de 'Crowdfunding', onde é possível fazer vaquinhas virtuais. O objetivo deles é arrecadar uma quantia próxima a R$ 1 milhão (£ 260 mil). Para evitar que acidentes como esse gerem tanta gravidade, as competições vão aprimorando as regras de segurança e também as estruturas dos carros. Depois da morte do piloto brasileiro Ayrton Senna, ídolo mundial, isso ficou mais forte nas mais variadas competições.

Assista abaixo ao vídeo que mostra o momento exato em que o acidente ocorreu. Atenção, as imagens podem ser consideradas fortes por algumas pessoas. Por isso, deixamos o nosso alerta.

E você, o que acha que deve ser feito para evitar que cenas como esta não voltem a se repetir? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes. #Automobilismo