O Sporting já tinha a contratação do jovem Bruno Gaspar praticamente fechada, não fosse uma manobra repentina do rival Benfica. Tal como informa o jornal “O Jogo”, os responsáveis benfiquistas conseguiram travar a chegada do zagueiro, jogador do Vitória de Guimarães, por ter 50% do passe do craque. Esse pequeno pormenor fez com que Luís Filipe Vieira, Presidente do Benfica, exigisse que, caso o Sporting queria contratar o jogador, o rival terá que pagar cinco milhões de euros (mais de 15 milhões de reais) para a chegada do jovem que já provou ser de elite mundial.

Apesar de estar nesse momento disputando o título de Campeão português com o FC Porto, a verdade é que os responsáveis benfiquistas já estão muito atentos ao que o seu eterno rival está fazendo para se preparar para a próxima temporada.

Publicidade
Publicidade

Tal como já tinha acontecido com jogadores com Carrillo e Mitroglou, em uma manobra completamente inesperada, o Benfica conseguiu estragar os planos de Jorge Jesus, técnico sportinguista.

Como garante o jornal esportivo “O Jogo”, os leões estavam procurando no mercado por um jogador jovem que tivesse baixo custo para os seus cofres, vendo na possibilidade de Bruno Gaspar como uma excelente solução para conseguir reforçar o seu setor defensivo para a próxima temporada. Sendo os 5 milhões de euros completamente proibitivos para o Bruno de Carvalho, Presidente do Sporting, ainda para mais dando essa fortuna ao seu maior rival, o Sporting já está procurando por mais soluções. O jornal garante que nomes como Victor Salazar (Rosário Central) e Mayke (Cruzeiro), todos eles no mercado brasileiros, podem ser os escolhidos por Jorge Jesus, que quer muito revolucionar os seus zagueiros.

Publicidade

De recordar que o Sporting tinha prometido que esse ano iria ser campeão, sendo que por volta do Natal, ou seja há cerca de cinco meses, esse objetivo já estava completamente fora do alcance. Ainda assim, Bruno de Carvalho, que foi recentemente reeleito para mais quatro anos como Presidente, já prometeu aos sócios ganharam várias vezes o Campeonato português nesse mandato, não tendo para isso qualquer tipo de problema em investir muito pesado me novos reforços. Quanto ao Benfica, o clube rival, que mostrou mais uma vez o seu enorme poder no futebol português, está agora completamente focado em conseguir garantir mais um Campeonato português, estando nesse momento com três ponto de vantagem em relação ao segundo classificado, o sempre poderoso FC Porto. #Negócios #Futebol Internacional