A presença da torcida do Universidad do Chile, na Arena #Corinthians, terminou em confronto com a polícia no jogo desta quarta-feira, 05, na estreia das equipes pela #Copa Sul-Americana.

A partida entre Universidad do Chile e Corinthians terminou com a vitória do Corinthians sobre os chilenos, por 2 a 0; disputa válida pela primeira fase da Copa Sul-Americana.

Torcida do Universidad do Chile depreda Arena Conrinthians

O que era para ser um grande espetáculo esportivo, acabou com um quebra-quebra, protagonizado pela torcida chilena.

Cerca de uma hora antes do início da partida, os visitantes recebidos na Arena, representando a Universidad do Chile, protagonizaram o primeiro espetáculo de vandalismo, depredando cadeiras do estádio, exigindo a intervenção Polícia Militar.

Publicidade
Publicidade

Posteriormente, no intervalo da partida, os integrantes da torcida do Chile propiciaram um novo quebra-quebra, atirando assentos das cadeiras, em direção à torcida corintiana, começando um confronto novamente com alguns torcedores do timão chegando a revidar.

A confusão ganhou proporção e precisou de uma intervenção mais dura pelos policiais, que partiram na direção dos vândalos de forma mais enérgica. Um grupo de torcedores chilenos ficou acuado em uma parte da arquibancada. Torcedores do Corinthians, que assistiam ao espetáculo, aplaudiram a ação da PM.

A confusão ainda se estendeu para o lado de fora do estádio, com os brigões depredando a bilheteria destinada aos visitantes da arquibancada sul da Arena.

A atendente, uma funcionária do clube, que trabalhava na bilheteria, acabou sendo ferida, além de dois PMs que tentavam conter o vândalos.

Publicidade

Na ação alguns dos chilenos foram detidos, a PM também deteve dois torcedores corintianos, que não tinham relação com o vandalismo; segundo informações da Polícia Militar, eles estavam portando sinalizadores.

Os chilenos também portavam e acenderam sinalizadores, seguidos por membros da torcida corintiana. O uso deste tipo de artefato é proibido pela Conmebol, e foi pedido no telão, para que os sinalizadores não fossem usados.

Os sinalizadores utilizados pelos mandantes, em maior volume, cobriram de fumaça a Arena Corinthians por vários minutos. Com cerca de 1.200 ingressos postos à venda para os torcedores visitantes, os chilenos preencheram quase todo o setor que lhes fora destinado.

O jogo de volta entre Universidad do Chile e Corinthians, já tem data marcada, e será no dia 10 de maio, em Santiago, no Chile.

Veja o vídeo da Fox Sports do episódio da torcida chilena na Arena Corintians.

#Futebol