Finalista do Paulistão, o #Corinthians é tido como uma surpresa para muitos, já que o clube não fez grandes contratações e chegou a ser avaliado como a quarta força do #Futebol paulista, ficando atrás de Palmeiras, São Paulo e Santos. Contudo, o Timão está mostrando sua força e voltando a ganhar mais visibilidade.

Além de mostrar um bom desempenho no Campeonato Paulista, o Timão está em busca do seu primeiro título da Copa Sul-Americana. A partida de estreia do Corinthians foi contra o Universidad de Chile, na Arena. O Timão venceu por 2 a 0 e tem uma boa vantagem para o confronto de volta, que acontecerá no Chile.

Embora esteja surpreendendo a todos, o Corinthians não descarta a possibilidade de anunciar novos reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro, que terá início no dia 13 de maio.

Publicidade
Publicidade

Contudo, a diretoria alvinegra já deixou bem claro que pretende gastar pouco dinheiro em novas contratações.

Sabendo da atual situação financeira do Timão, o goleiro Felipe, que já passou pelo clube, ficou à disposição para retornar. Com um início animador, ele não terminou sua passagem pelo Corinthians da maneira esperada, pois ele acabou deixando o clube após discutir com Andrés Sanchez, que na época era presidente da equipe paulista.

“Nenhuma pessoa é maior que o clube. Times como Corinthians e Flamengo são maiores que todo mundo, por isso não encontro problemas. As pessoas passam, mas o clube permanece. Não tenho nenhuma mágoa”, argumentou Felipe, em entrevista ao site Torcedores.com.

Vestindo a camisa do Corinthians, Felipe soma três títulos: Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro da Série B e Copa do Brasil.

Publicidade

Ele passou por momentos de instabilidade no Timão, mas também acumulou muitas polêmicas. Após eliminar o Goiás na disputa da Copa do Brasil, o goleiro fez provocações comendo uvas verdes enquanto dava a volta olímpica.

Após sair do Corinthians de forma conturbada, o goleiro Felipe assinou contrato para defender o Flamengo. Assim como no Timão, ele acumulou jogos polêmicos e conviveu com momentos de altos e baixos durante sua passagem. Dessa forma, ele deixou o rubro-negro e chegou ao Bragantino, onde não conseguiu se firmar e optou por deixar o clube paulista.

Agora, Felipe está sem clube para atuar e demonstra certo arrependimento ao deixar o Corinthians em 2010. “Flamengo e Corinthians são dois clubes que estão no meu coração. Agradeço muito ao Corinthians e voltaria a vestir a camisa do clube. Creio que ninguém pode ficar acima da instituição”, finalizou o goleiro. #FutebolBrasileiro