O clima esquentou, nesta quarta-feira à noite (17), após a eliminação do Flamengo na Copa Libertadores da América. Logo depois do encerramento da partida, vencida pelo San Lorenzo, em Buenos Aires, na Argentina, por 2 a 1, resultado que eliminou o Rubro-Negro da competição continental, o presidente Eduardo Bandeira de Mello concedeu entrevista coletiva.

Abatido após o resultado adverso, o mandatário se irritou com as perguntas feitas pelo jornalista da #ESPN Brasil Mauro César Pereira, que é flamenguista assumido e um dos defensores de sua gestão. A entrevista pode ser vista no vídeo abaixo:

“É uma eliminação diferente de outras tantas.

Publicidade
Publicidade

Dá pra dizer que essa eliminação vai gerar alguma providência mais dura, enérgica, profunda por parte do senhor, que é presidente do clube?”, questionou o jornalista. “Já respondi a pergunta. Se alguém está pensando em caça às bruxas, pode tirar o cavalo da chuva. Se alguém está comemorando nossa derrota, parabéns para quem está comemorando. A gente vai continuar o trabalho e melhorar”, respondeu já meio impaciente.

Mauro Cézar, então, voltou ao tema, dizendo que não se trata de caça ás bruxas e lembrou que o #Flamengo perdeu os três jogos que fez fora de casa. “Eu vi que ele perdeu os três jogos e ganhou os três jogos dentro de casa, mas gostaria que tivesse ganhado os seis jogos. Não ganhamos, agora temos que trabalhar. Agora ninguém espere notícia em cima disso, o trabalho continua. Confiamos em quem está trabalho no Flamengo e independente de pressão de quem quer que seja a coisa vai continuar.

Publicidade

Eu sei que tem muitas pessoas comemorando, falsos rubro-negros que sempre torceram contra”, disse Bandeira de Mello.

Nesse momento o jornalista interrompeu o presidente indagando que o momento era para falar de futebol e não de política. “Quem responde as perguntas sou eu. Eu respondo como quiser”, disparou Bandeira para depois dizer que iria responder as perguntas de quem estava bem intencionado.

O Flamengo já volta a campo no próximo sábado (20), quando enfrenta o Atlético Goianiense, em Goiânia, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Terceira vez

Esta é a terceira eliminação segunda do Flamengo na fase de grupos da Copa #Libertadores da América. Em 2012 o time até fez sua parte na última rodada, ao bater o Lanús da Argentina por 3 a 0, no Engenhão, e esteve durante alguns minutos classificados, já que a outra partida do grupo, entre Olímpia e Emelec estava empatada, resultado que classificava os brasileiros.

Porém um gol dos equatorianos aos 42 dos segundo tempo deixou os cariocas pelo caminho. Em 2014, desta vez no Maracanã, o Flamengo precisava vencer o Léon do México para avançar, porém acabou derrotado por 3 a 2.