O atacante Sassá vestirá uma nova camisa neste Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira (26), o Botafogo entrou em um acordo com o Cruzeiro, que passará a contar com o futebol do polêmico jogador. Em troca, o time mineiro cederá o meia Marcos Vinícius, que não vem sendo aproveitado pelo técnico Mano Menezes.

Apesar de ter se destacado com a camisa do #Botafogo, clube que o revelou, nos últimos dois anos, problemas extra-campo e de disciplinares têm atrapalhado a carreira do jogador. Ele começou a temporada afastado dos treinos, foi reintegrado ao elenco, mas um novo ato de indisciplina o tirou de vez dos planos de Jair Ventura.

Publicidade
Publicidade

Como seu vínculo vencia no final do ano e em pouco tempo ele já poderia assinar um pré-contrato com outro time, o Glorioso teve que correr contra o tempo para negociar o atleta para não correr o risco de ficar com as mãos vazias após sua saída. No novo clube, Sassá terá que enfrentar a concorrência de jogadores de peso, como Rafael Sóbis, Ábila, Alisson e Rafael Marques, que também chegou a pouco tempo.

Já o novo reforço do Botafogo tem convivido com altos e baixos. Em 2015, quando estava em seu primeiro ano de profissional, Marcos Vinícius foi dos grandes nomes do time de Mano Menezes na arrancada do #Cruzeiro no Campeonato Brasileiro, quando após um péssimo começo, chegando a flertar com a zona de rebaixamento, a Raposa conseguiu terminar perto da zona de classificação para a Libertadores.

Publicidade

No entanto, na temporada passada o jogador de 22 anos enfrentou vários problemas com lesões, que prejudicou sua sequencia na equipe. Atualmente o atleta está tratando uma lesão na coxa esquerda.

Três jogos de gancho

Após garantir a primeira posição de seu grupo na Copa Libertadores da América, mesmo perdendo para o Estudiantes por 1 a 0, o Botafogo teve uma má notícia nesta sexta-feira (26). O volante Bruno Silva foi suspenso 5ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva por três jogos. A punição foi em razão de o jogador ter chutado uma bola em direção ao árbitro Bráulio da Silva Machado, na derrota por 2 a 0 diante do Grêmio, em Porto Alegre, em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Como a punição vale apenas para o Campeonato Brasileiro, o jogador está liberado para pegar o Sport pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, marcado para a próxima semana. Dessa forma, Bruno Silva não atuará contra o Bahia, Flamengo e Santos. O clube entrará com pedido de efeito suspensivo. #STJD