De forma surpreendente, o Atlético Paranaense anunciou nesta terça-feira (23), a saída do técnico Paulo Autuori do comando do time. Mas não se trata necessariamente de uma demissão, já que agora ele assumirá a função de gerente de futebol do Furacão. Para seu lugar, foi chamado Eduardo Baptista, que há pouco mais de duas semanas havia sido demitido do Palmeiras. As informações são do site da ESPN.

De acordo com a reportagem, a ideia de migrar Autuori para o cargo de diretor de futebol é antiga e no final do ano passado o próprio treinador já havia sinalizado que seguiria este caminho. As mudanças devem ser oficializadas ainda na tarde desta terça-feira pelo presidente Conselho Deliberativo do clube, Mario Celso Petraglia.

Publicidade
Publicidade

Apesar de ter duas derrotas no Campeonato Brasileiro em seus dois primeiros jogos, a situação dentro do clube é tranquila, uma vez que o Furacão conquistou uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores da América, em um dos grupos mais difíceis da competição e vencendo a Universidad Católica fora de casa.

Baptista, que já vinha dirigindo o #Palmeiras na competição, deixando o time praticamente classificado, terá mais de um mês para trabalhar com o novo grupo visando o mata-mata da competição continental, que só terá início no dia 1º de julho. A estreia do novo comandante deverá acontecer no próximo final de semana, quando encara o Flamengo, na Arena da Baixada, que por sinal estava na chave dos paranaenses na Libertadores.

Zagueiro pede tranquilidade

O Atlético Paranaense é dono da pior defesa deste início de Campeonato Brasileiro.

Publicidade

O Furacão sofreu nada menos que oito gols em dois jogos, sendo cinco deles apenas no primeiro tempo da partida diante do Bahia, quando o time foi derrotado por 6 a 2. O zagueiro Paulo André criticou a desatenção do time.

Ele citou a partida diante do Grêmio, na Arena da Baixada, onde o time controlou o jogo no primeiro tempo, mas no espaço de dez minutos na etapa complementar a equipe sofreu dois gols. “Nos 10 primeiros minutos do segundo tempo, acabamos, no detalhe, colocando tudo a perder", disse. Para ele, o time não estava acostumado a tomar tantos gols como vem tomando e é preciso retomar a tranquilidade. O zagueiro avaliou ainda que espera que a semana sem jogos sirva para corrigir o sistema defensivo.

Praticamente imbatível em seu estádio, o Atlético acumula três derrotas consecutivas jogando em seus domínios, sendo um 3 a 0 na primeira final do Campeonato Paranaense contra o Coritiba, outro 3 a 0 diante do San Lorenzo pela Libertadores e os 2 a 0 contra o Grêmio no último domingo. #atlético-pr #Brasileirão