São Paulo e Palmeiras se enfrentam neste sábado (27), às 19 horas, no estádio do Morumbi, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Após a vitória no início da semana por 2 a 0 contra o Avaí, o clima no Tricolor está mais tranquilo e o técnico Rogério Ceni surpreendeu ao relacionar o jovem atacante da base Léo Natel. Já o técnico Cuca relacionou o que tem de melhor para buscar quebrar um tabu que vem desde 2002, porém, o time titular será definido apenas neste sábado.

Depois do confronto contra os catarinenses, na segunda-feira (22), o São Paulo teve a semana toda para trabalhar visando o clássico e o técnico Rogério Ceni relacionou 26 atletas para o jogo, cuja maior novidade é o garoto vindo da base, que ganhou espaço após a saída de Neílton, que se transferiu para o Vitória.

Publicidade
Publicidade

Rogério, no entanto, faz mistério quanto à escalação, mas baseado nos treinos desta semana, presume-se que o Tricolor entre em campo com Renan Ribeiro no gol, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares formando a defesa. O meio deverá ter Jucilei, João Schmidt e Cícero. Luiz Araújo, Lucas Pratto e Cueva serão os homens de frente.

Do outro lado do muro, Cuca também faz mistério, limitando-se apenas a dizer que irá com o que tem de melhor. Com pouco tempo para recuperar o time após o jogo contra o Atlético Tucumán, pela Copa Libertadores, o treinador palmeirense revelou que armará a equipe na base da conversa. Nos treinos desta sexta-feira (26), Mina, Edu Dracena e Zé Roberto não participaram integralmente das atividades visando se preservarem para o clássico.

Cuca deverá escalar o #Palmeiras com Fernando Prass no gol, Jean na lateral-direita, Mina e Edu Dracena (ou Juninho) na zaga, e Zé Roberto na lateral-esquerda.

Publicidade

Felipe Melo, Tchê Tche e Guerra (ou Raphael Veiga) no meio. Na frente Róger Guedes, Dudu e Borja, este último podendo ser substituído por Willian Bigode.

Tabu

Além da recuperação dentro do Campeonato Brasileiro – vem de derrota para a Chapecoense na última rodada -, o Palmeiras buscará quebrar um tabu que já vem desde 2002, mais precisamente desde o dia 20 de março daquele ano, quando o Verdão bateu o São Paulo por 4 a 2, em jogo válido pelo Torneio Rio-São Paulo, conquistando naquela data sua última vitória no estádio são-paulino.

O jogo, acompanhado por quase 50 mil pessoas, também ficou marcado por um golaço do meia Alex, que chapelou o zagueiro Émerson e depois o goleiro Rogério Ceni, para anotar o terceiro do Palmeiras naquela iluminada noite. Desde então, os times voltaram a se encontrar outras 23 vezes no Morumbi, com 14 vitórias dos donos da casa e 9 empates. #São Paulo FC #Brasileirão