A gestão de Roberto de Andrade não está sendo muito favorável para o #Corinthians. Em 2016, o Timão não fez uma boa temporada e o mandatário corintiano foi o alvo principal da torcida. Num passado recente, houve a possibilidade dele deixar a presidência do Timão, pois os cartolas do clube organizaram um pedido de impeachment, porém, sem sucesso.

Se Roberto de Andrade não é uma das pessoas mais queridas dentro do clube, ele pelo menos fez uma coisa que a torcida já pedia há muito tempo: dar prioridade aos atletas das #Categorias de Base. Sendo assim, o mandatário alvinegro começou a estabelecer algumas políticas nos novos contratos e adquirir uma porcentagem maior nos direitos econômicos dos jovens promissores.

Publicidade
Publicidade

Chegando ao comando técnico do Corinthians sob muita pressão e desconfiança, Fábio Carille foi fundamental para esse novo estilo do clube. Com Osmar Loss ao seu lado, o treinador corintiano promoveu alguns destaques das categorias de base para o time principal. O meia-atacante Pedrinho e o centroavante Carlinhos são alguns exemplos.

Por sua vez, a torcida alvinegra apoia a chegada dos atletas da base para o profissional. Todo esse entusiasmo dos torcedores está passando confiança para os jogadores dentro de campo. O volante Maycon e o lateral-esquerdo Guilherme Arana, formado nas categorias de base do Timão, são titulares absolutos no time de Fábio Carille.

Corinthians tenta fortalecer as categorias de base

Tentando manter o bom retrospecto de formar grandes jogadores, o Corinthians contratou o ex-jogador Adil, que será responsável pela análise e possivelmente trazer novos atletas para o Timão.

Publicidade

Ele ficará atento às jovens promessas em Belo Horizonte. A informação foi divulgada pelo portal Globoesporte.com.

O Corinthians vê que a integração de ex-jogadores nas categorias de base do clube pode influenciar a chegada de novos atletas. No momento, o Timão conta com quatro ex-jogadores nas divisões de base.

Após tantas desavenças nos bastidores, o Timão sacramentou Dyego Coelho como o novo técnico do sub-20. No sub-17, Fabinho é auxiliar técnico, assim como Celio Silva no sub-13. Já Márcio Bittencourt é observador técnico.

Passagem de Adil pelo Corinthians

Adil foi ponta do Corinthians por duas temporadas, em meados de 1993 e 1994. Vestindo a camisa alvinegra, ele foi vice-campeão do Campeonato Brasileiro e também do Paulistão. Adil encerrou sua carreira de jogador de #Futebol precocemente, após sofrer um acidente automobilístico, em 2000.

Agora com 51 anos, Adil voltará para o Corinthians com uma missão completamente diferente: captar novos jogadores para as categorias de base.