As negociações pela permanência de Pablo estão mais difíceis para o #Corinthians. O clube ainda não tem ideia de onde irá tirar os R$ 10 milhões para comprar os direitos do jogador. O que piora a situação é que, a partir de junho, o Bordeaux da França, clube que é dono dos direitos do defensor, pode negociar o zagueiro com qualquer equipe. Quatro times brasileiros apareceram entre os interessados: Palmeiras, Atlético-MG, Flamengo e São Paulo.

Como o Corinthians ainda não encontrou uma solução para a compra de Pablo, o próprio clube francês fez uma proposta. O Bordeaux quer o jovem lateral-esquerdo Guilherme Arana e, como parte do pagamento, daria os 100% dos direitos do zagueiro para o Timão.

Publicidade
Publicidade

A proposta poderia ser a solução, mas não para o Timão. Imediatamente, a direção corintiana cortou as tratativas. A explicação é que a equipe quer contar com Arana até 2018. O Corinthians só negocia se o Bordeaux aceitar receber o jogador em janeiro do ano que vem.

O valor da negociação de Arana seria de R$ 38 milhões e o de Pablo é de R$ 10 milhões. Como o Corinthians detém 40% do lateral-esquerdo, o valor seria abatido e o Timão ainda ficaria com algo em torno de R$ 5 milhões. Mesmo o Corinthians não tendo gostado da proposta, os empresários de Arana prometem consultar os franceses para discutirem possibilidade de negócio.

Com ou sem Pablo, o Corinthians deve ir ao #Mercado da bola para a contratação de um zagueiro. No momento, Pablo está lesionado, com dores na coxa direita, e o Timão terá como zaga o jovem Pedro Henrique e Balbuena.

Publicidade

Corinthians pode perder a dupla de zaga

Na próxima janela, o Timão pode ter que buscar não apenas um, mas dois zagueiros. Além de estar perto de perder Pablo, o clube paulista pode ainda ter que se despedir do paraguaio Balbuena. Nos últimos dias, a imprensa italiana noticiou que o agente do corintiano esteve na Itália negociando com a Lazio. Além disso, nos bastidores sabe-se que o zagueiro quer uma transferência para a Europa no meio do ano. O lado positivo é que uma venda de Balbuena pode ajudar os cofres do alvinegro. Comprado por R$ 6 milhões junto ao Boca Juniors, o Corinthians tem 100% dos direitos do zagueiro.

Se Balbuena for vendido a tempo, o Corinthians pode diminuir o estrago e ficar com ao menos um dos zagueiros. Entre os nomes analisados pelo Timão estaria o de Leandro Castán, campeão da Libertadores em 2012 pelo clube. Castán pertence a Roma, da Itália,e está com o futuro em aberto, já que não é unanimidade no clube. #Futebol