Logo após a conquista do Campeonato Paulista, no último domingo (7), começou a circular no Twitter a comparação entre #Cássio, goleiro campeão pelo Corinthians, e Rogério Ceni, atualmente treinador e multicampeão pelo São Paulo.

“Só pra constar, Cássio tem apenas um Paulista e dois Brasileiros a menos que #Rogério Ceni. Em cinco anos de titularidade, contra 20 anos do Bambi”, dizia a postagem de um corintiano identificado como Cado.

Mas diante do comentário do corintiano, um são-paulino soube dar a melhor resposta e valorizar Rogério Ceni.

Publicidade
Publicidade

“É importante ter uma grande referência para valorizar o trabalho do Cássio”, postou o torcedor Luís Gustavo.

Comparação

O comentário do torcedor corintiano, dando a entender que Rogério Ceni tem apenas três títulos a mais que Cássio como titular, não procede. Os números são bem diferentes. O ex-goleiro são-paulino tem o dobro de títulos conquistados pelo corintiano, considerando apenas atuações como titulares.

Rogério Ceni foi titular do São Paulo entre 1997 e 2015, antes disso, em 1994, ele atuou como titular na equipe que conquistou a Copa Conmebol - inclusive o “Expressinho Tricolor” eliminou o Corinthians na semifinal, nos pênaltis.

A partir de 1998, Ceni conquistou três Campeonatos Paulistas (1998, 2000 e 2005); um Super Paulistão (2002); um Torneio Rio-São Paulo (2001); três Brasileiros (2006, 2007 e 2008); uma Libertadores (2005); um Mundial de Clubes (2005); e uma Copa Sul-Americana (2012).

Publicidade

Já Cássio, titular do Corinthians desde 2012, quando entrou no lugar de Júlio César no decorrer da Copa Libertadores, conquistou a competição sul-americana e o Mundial de Clubes daquele mesmo ano.

Em 2013, o goleiro corintiano comemorou os títulos do Campeonato Paulista e da Recopa Sul-Americana. Em 2015, conquistou o Campeonato Brasileiro. No último domingo, foi campeão paulista mais uma vez.

Outras conquistas

Além dos títulos como titular, Rogério Ceni também conquistou Libertadores e Mundial como reserva, em 1993, além da Recopa Sul-Americana no mesmo ano. Cássio não tem título como reserva no Corinthians.

Ceni também soma diversas conquistas individuais, como as de quarto melhor goleiro do mundo, em 2007, de acordo com a tradicional revista France Football, e melhor goleiro da América do Sul, segundo a IFFHS, da Fifa, em 2005, 2006 e 2007.

Independente das conquistas, os dois são grandes goleiros.