O Palmeiras viajou até Chapecó, em Santa Catarina, para enfrentar a equipe da cidade. Com time composto basicamente por atletas reservas, o Verdão não conseguiu fazer uma boa partida e foi derrotado por 1 a 0. Em nenhum momento o time de Cuca assustou o adversário e a situação causou um certo receio.

Cuca preferiu poupar suas principais peças justamente para armar a equipe completa para encarar o Atlético Tucumán, da Argentina, pelo último jogo da fase de grupos da Copa Libertadores. Até uma derrota por um gol coloca o Verdão na próxima fase. A situação está controlada, mas Cuca não consegue se manter tranquilo.

Borja não viajou

Miguel Borja, principal reforço do Palmeiras para 2017, não viajou com a delegação e ficou em São Paulo.

Publicidade
Publicidade

O treinador palmeirense passou uma atividade especial para que ele se adapte mais facilmente ao #Futebol brasileiro. Desde que chegou, Borja não tem feito boas atuações e recebeu críticas de torcedores. O atleta conversou com a comissão técnica e sentiu a diferença entre o estilo de futebol dos países e, por isso, pediu uma preparação diferente.

Novo reforço

Cuca não escondeu que deseja um novo reforço para o ataque. O próprio treinador permitiu as saídas de Rafael Marques, para o Cruzeiro, e Alecsandro, para o Coritiba. Ambos não teriam chances no time titular e acabaram recebendo aval para procurar outros clubes. Tanto Marques quanto Alecsandro têm condições de serem titulares em seus novos clubes e, com isso, mostrarem-se mais no país.

As saídas podem implicar em uma nova chegada. Cuca conversou com Alexandre Mattos, executivo de futebol, e pediu um jogador para o ataque.

Publicidade

Para o 'Diário Lance!', Cuca disse que pediu calma para a diretoria para não fazer contratação errada. A reposição ofensiva precisa ser feita com bastante critério e avaliação para não inflar o grupo e não dar oportunidade.

Feliz com a defesa

Apesar de ver o time tomar gol em Chapecó, Cuca ficou feliz com a dupla defensiva formada por Juninho e Antônio Carlos. Ambos tiveram boa atuação e aparecem como reservas absolutos de Yerry Mina e Edu Dracena. Se precisar poupar jogadores no avançar do Campeonato, Cuca se sentirá tranquilo em escalá-los.

Jogo decisivo

O torcedor palmeirense já está ansioso para o jogo de quarta-feira, 24, contra o Tucumán. A classificação para a segunda fase da Libertadores é vista como o principal objetivo do clube no primeiro semestre. Lembrando que a competição internacional vai até novembro. #Mercado #Palmeiras