Os tricolores gremistas tiveram uma péssima notícia nesta quinta-feira (11), gerando um problema para o técnico Renato Gaúcho. A suspensão do lateral-direito Edílson foi confirmada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Com isso, ele ficará de fora dos três primeiros jogos do #Grêmio no Campeonato Brasileiro #2017, que começa neste final de semanal.

A decisão havia sido comunicada em 14 de dezembro passado, devido os socos desferidos pelo jogador em Rodrigo Dourado no Gre-Nal de número 411 pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro, na 32ª rodada. O jogador foi enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por praticar agressão física, levando cinco jogos de suspensão como pena do delito cometido.

Publicidade
Publicidade

Ocorre que após o cumprimento parcial da decisão, em dezembro de 2016, o Tricolor gaúcho entrou com um pedido de suspensão da sentença e a conversão da pena em multa, conseguindo com que o lateral-direito voltasse aos campos antes do previsto.

Entretanto, nesta quinta-feira (11), o Grêmio voltou a tentar a transformação das partidas em punição pecuniária junto ao presidente do STJD, Ronaldo Piacente, não obtendo êxito, conforme informação repassada pelo Departamento Jurídico do clube gaúcho.

Desta forma, não houve outra solução além do cumprimento das partidas restantes ao fim da pena no #Brasileirão 2017. De qualquer forma, abre-se uma vaga no meio campo gremista, gerando a duvida sobre qual jogador atuará na substituição de Edílson. Algumas possibilidades seriam Jailson e Arthur.

As próximas rodadas no time tricolor pelo campeonato são contra Botafogo, Atlético-PR e Sport.

Publicidade

O último jogo do tricolor foi ainda contra o Iquique, pela Libertadores, onde o Tricolor saiu com derrota.

Ainda nesta quinta-feira, o Grêmio teve mais movimentações. O presidente Romildo Bolzan Júnior compareceu ao CT Luiz Carvalho solicitando a presença dos jogadores para cobrar uma mobilização maior do time e equipe técnica em relação à atuação de todos neste mês, que ele quer considerar um marco para o inicio de 2017.

O presidente convocou uma entrevista para demonstrar publicamente sua preocupação com o envolvimento do time nessa fase de começo do Brasileirão e demais competições disputadas pelo Tricolor. Acompanhado pelo vice de Futebol, Odorico Roman, e pelo diretor Saul Berdichevsk, Romildo disse que considera importante um arranque positivo no Campeonato Brasileiro e que deve-se manter uma regularidade na competição. Ainda ressaltou os jogos decisivos na Libertadores e Copa do Brasil.

O time tricolor treina nesta sexta-feira pela manhã (12) e sábado (13) para a próxima partida, que ocorrerá na Arena, às 19 horas, neste domingo (14), contra o Botafogo. Outros desfalques confirmados para o jogo são Gastón Fernandez e Maicon, lesionados.