Dado como certo no Cruzeiro no final da semana passada, o atacante Sassá pode permanecer no Rio de Janeiro, mas não necessariamente no #Botafogo. De acordo com o site Globo Esporte, o Flamengo estaria interessado na contratação do polêmico jogador. O Rubro-Negro, inclusive, já entrou em contato com os representantes do atleta, mas existem dois obstáculos que podem atrapalhar sua transferência.

Sassá está afastado da equipe dirigida por Jair Ventura por questões disciplinares. Como seu contrato encerra-se no final do ano, o clube corre contra o tempo para tentar negociar o atacante, uma vez que a partir de 1º de julho ele já estará livre para assinar pré-contrato com outro clube e o Botafogo ficaria de mãos vazias.

Publicidade
Publicidade

A reportagem revelou ainda que as primeiras conversas aconteceram algumas semanas atrás e que o clube da Gávea já havia concordado com as pretensões salariais do atleta. No entanto, o #Flamengo pretende fazer o acerto só em janeiro - quando o atleta já estiver livre do vínculo com o atual clube - e esse período de mais de sete meses faz com que outros times, que já iniciaram diálogo com o Botafogo, levem vantagem. Outro fator a pesar contra o Rubro-Negro é que as relações entre as diretorias estão estremecidas, muito em função do caso William Arão, quando o Flamengo se aproveitou do impasse na renovação do jogador com o Alvinegro e fechou sua contratação.

Mesmo com as negociações com o Cruzeiro tendo regredido, o clube mineiro ainda não desistiu de contar com o futebol de Sassá, tendo oferecido em troca os jogadores Neilton, Elber e Marcos Vinícius.

Publicidade

Apenas neste ano Sassá foi afastado do elenco do Botafogo em duas oportunidades, ambas por problemas disciplinares. Com seu contrato vencendo em dezembro, o jogador pediu 300 mil reais de salário e 5 milhões de reais de luvas para estender seu vínculo até 2019. No entanto, o pedido foi considerado alto demais pela diretoria do clube e as partes não chegaram a um acordo.

Novidades no treino

Enquanto não resolve a situação de Sassá, o técnico Jair Ventura teve duas boas notícias no treino desta segunda-feira (29). Montillo e Emerson Silva, entregues ao departamento médico, apareceram para treinar no campo anexo ao estádio Nilton Santos.

O argentino, fora do time desde o jogo contra o Rezende, em abril, pelo Campeonato Carioca, por conta de uma lesão na coxa, participou dos treinos até o momento em que se iniciou o coletivo. Já o zagueiro, que se recupera de uma pancada no joelho sofrida na partida contra o Barcelona do Equador, válida pela Copa Libertadores da América, treinou em separado, mas ainda não tem previsão de volta. #Mercado da bola