O #Grêmio ainda está de olho no mercado de transferências do #Futebol em 2017. O clube, visando o futuro, realizou a contratação de mais um jogador que é potencial destaque: o goleiro Daniel Patrick.

O jogador, de 17 anos, que defendia o Corinthians, já atuou também pelo Botafogo e é considerada uma grande revelação, despertando interesse do futebol europeu. Clubes da Holanda e Portugal sondaram o jogador, antes da contratação ser concretizada pelo Grêmio.

“O Daniel chega com boas perspectivas de crescimento profissional e pessoal, pois estará em uma das principais estruturas do Brasil. O goleiro teve outras boas propostas, como do Sporting, de Portugal, mas decidimos pelo Grêmio por conta do crescimento que o atleta conseguirá no clube gaúcho”, explica Leon Netto, da Lisboa Sport e empresário do atleta.

Publicidade
Publicidade

O jogador foi incorporado ao elenco do sub-20 da equipe gaúcha.

Em relação aos goleiros do time profissional do Grêmio, o clube está demonstrando que deseja uma reformulação no que diz respeito aos reservas. Nos últimos dias, o tricolor tentou a contratação do goleiro Matheus, goleiro destaque do Novo Hamburgo na disputa do Campeonato Gaúcho, mas acabou recebendo um "não" do Juventude, clube que já havia alinhado um pré-contrato com o jogador.

"Eles falaram do interesse do Grêmio. Mas nós vamos levar adiante o pré-contrato que temos com o Matheus. Se vier proposta oficial do Grêmio, a gente analisa. Mas nossa ideia é contar com o atleta na Série B", afirma Biglia.

Projeto Lapidar

Não é a primeira vez que o clube gaúcho investe em jogadores de 17, 18 anos, visando aprimorar as questões técnicas e táticas para aí sim colocar o jogador no elenco principal.

Publicidade

O caso mais famoso é de Luan. O jogador, que conquistou a medalha de ouro nas Olímpiadas e hoje em dia é um dos destaques do futebol brasileiro, foi contratado em 2013, passando por trabalhos especiais no projeto Lapidar. Luan ascendeu para o profissional depois de se destacar no time B, que disputou algumas partidas no Gauchão.

Outro caso de contratação neste mesmo estilo foi realizada neste ano. Martin Chaves, destaque do Peñarol do Uruguai, foi contratado e foi direto para o projeto tricolor. O contrato dá opção de compra ao final do período. A ideia é contratar em definitivo mediante a confirmação das qualidades do uruguaio.

O atleta, que veio como uma joia

"Ele vem para jogar na base, vai passar por uma preparação específica para atletas que chegam com essa idade. O Luan ficou seis meses com treinos assim e depois foi avaliado, promovido", comenta Gustavo Schmitz, diretor da base do Grêmio. #FutebolBrasileiro