Mesmo com o elenco inchado, o #Corinthians está em busca de novos reforços para a equipe de Fábio Carille. Com uma procura incisiva por novos nomes, alguns jogadores do plantel alvinegro já demostram certa insatisfação com os dirigentes do clube. Porém, o diretor de #Futebol do Timão, Flávio Adauto, reitera que novos atletas chegarão para o time no decorrer da temporada.

Alguns nomes já começaram a ser cogitados para reforçar o clube do Parque São Jorge. O lateral-direito Cicinho, do Ludogorets, já está apalavrado com o Timão e sua contratação deve ser anunciada no início do segundo semestre. O clube também segue em busca de um meio-campista e também de um zagueiro.

Publicidade
Publicidade

Vale lembrar que a equipe paulista já contratou o atacante Clayson, ex-Ponte Preta.

Com novas contratações sendo feitas, alguns jogadores demostram insatisfação. Um desses jogadores é o atacante Gabriel Vasconcelos, que se destacou na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2015. Naquele ano, ele foi um dos principais jogadores da equipe de Osmar Loss e acabou se tornando o artilheiro da competição.

Hoje, com 21 anos, Gabriel Vasconcelos não pode atuar pelas categorias de base. Com isso, a intenção do atleta era ser integrado ao elenco profissional, porém o técnico Fábio Carille não planeja contar com o jovem atacante em seu time. No entanto, o jogador aguarda por propostas e planeja deixar o Corinthians.

“Como todos já sabem, meu sonho sempre foi jogar no Corinthians. Atuando na base, percebi o fanatismo da torcida, isso é espetacular.

Publicidade

Mas tenho que ser realista, não tem como jogar em um clube onde sequer treino com os companheiros. No momento, o melhor para mim é atuar em outra equipe. Desejo jogar em um time com um projeto bacana e mostrar meu potencial”, argumentou o atleta ao ESPN.

Treinando separadamente no CT Joaquim Grava, o atacante não esconde a indignação com o clube. Junto com ele, estão Cristian e Rafael Castro. Vale lembrar que o volante Cristian foi afastado do elenco após criticar abertamente a diretoria corintiana.

Em um momento difícil, Gabriel Vasconcelos não se esconde da realidade e desabafou: “Essa minha atual rotina é muito chata, mas isso faz parte do futebol. Meus números nas categorias de base do Corinthians são bons, não consigo entender porque não ganhei oportunidade. Deveria ir pelo menos para o banco de reservas, mas tenho que respeitar a decisão do clube”.

No decorrer de 2016, Gabriel Vasconcelos foi emprestado para algumas equipes, mas não conseguiu muito sucesso. Seu último clube foi o Joinville, que acabou sendo rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. Ele tem contrato com o Corinthians até 2018. #Futebol Brasileiro