Neste fim-de-semana ocorreram os treinos qualificatórios para as 500 milhas de Indianápolis. A corrida, uma das mais tradicionais do mundo, será realizada no próximo domingo (28). Será a 101ª primeira edição do evento, que acontece no Indianapolis Motor Speedway, nos Estados Unidos.

As voltas rápidas de sábado (20) trouxeram um grande susto. O piloto francês Sébastien Bourdais, da equipe Dale Coyne, bateu violentamente contra o muro do circuito oval. O #Acidente aconteceu quando Bourdais estava na 3ª das 4 voltas a que teria direito. Ele perdeu o controle do carro na entrada da curva 2. O choque contra a barreira de segurança ocorreu a mais de 360km/h e deixou o carro completamente destruído.

Publicidade
Publicidade

O piloto francês foi levado ao hospital de Indianápolis, onde foram diagnosticadas fraturas na bacia e no quadril. Bourdais passou por cirurgia e, segundo seu chefe de equipe, tudo correu bem. Mesmo assim, ele está fora do restante da temporada da Fórmula #Indy. Neste ano, o francês já havia vencido o GP de São Petersburgo e conquistado a 2º posição em Long Beach.

Alonso tem desempenho empolgante na estréia

O espanhol Fernando #Alonso, piloto da equipe McLaren/Honda na Fórmula 1, será uma das grandes atrações das 500 Milhas. Sem um carro competitivo na F1, Alonso abriu mão da participação do GP de Mônaco (que ocorrerá na mesma data) para estar pela 1ª vez em um carro da Fórmula Indy.

Considerado por muitos como o mais talentoso piloto da Fórmula 1, o espanhol está fazendo jus à fama em Indianápolis.

Publicidade

Nos treinos de domingo, que reuniram os 9 pilotos mais rápidos para a disputa da pole-position, Alonso garantiu a 5ª colocação, superando problemas com o motor Honda da equipe Andretti.

A 1ª colocação ficou com o experiente piloto neozelandês Scott Dixon, da equipe Ganassi, que largará na frente em Indianápolis pela 3ª vez.

A 2ª posição do grid será de Ed Carpenter, seguido por Alexander Rossi (3º) e Takuma Sato (4º).

Desempenho dos brasileiros

Tony Kanaan, da equipe Ganassi, ficou com a 7ª posição no grid. O piloto de Salvador já foi campeão da Fórmula Indy em 2004 e venceu as 500 Milhas de Indianápolis em 2013.

Hélio Castroneves largará apenas na 19ª colocação. O piloto de Ribeirão Preto já venceu a Indy 500 em 3 oportunidades (2001, 2002 e 2009), mas desta vez acabou acompanhando o desempenho abaixo do esperado de sua equipe, a Penske. Seu companheiro, o colombiano Juan Pablo Montoya, ficou em 18º.